Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Servidores federais vão reivindicar 33% de reajuste

Índice foi calculado pelo Dieese e pelo Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal)

Os servidores públicos federais já definiram o reajuste nos vencimentos que pretendem reivindicar na próxima campanha salarial. Em evento do qual participaram 320 representantes dos mais diversos segmentos do funcionalismo, foi definida a proposta de 33% de reajuste. O índice foi calculado pelo Dieese e pelo Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal).

Para sindicalistas, reforma é dura com os servidores

Servidor, você está cuidando do seu bem estar?

Entre os participantes do encontro, estavam representantes do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate). 

Um dos objetivos do evento, realizado em 17 de fevereiro, estava o de aprovar eixos capazes de unificar os servidores federais em torno da campanha de valorização dos servidores e serviços públicos. 

 

 

Entre os pontos que vão compor a pauta da Campanha Salarial 2019 da categoria está o reajuste salarial de 33%. A aplicação desse índice seria feita até janeiro de 2020, pela proposta dos federais que será levada ao governo.

Além da proposta de reajuste, os servidores incluíram na campanha salarial as seguintes reivindicações: data base para 1º de maio, equiparação de contrapartida nos planos de saúde dos servidores, política salarial permanente e defesa da negociação coletiva no setor público.

 

 





CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações