Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Servidores da Cultura comemoram fim da MP sobre gestão de museus

No último dia 12, a Câmara dos Deputados rejeitou Medida Provisória e inviabilizou a criação de uma agência de caráter privado para museus

O fim da tramitação da medida provisória (MP) 850/18, que propunha a extinção do Ibram (Instituto Brasileiro de Museus), foi comemorada por representantes de entidades que representam servidores federais, em especial, os da área da Cultura. 

Compliance já faz parte da rotina do servidor

Estabilidade do servidor volta à discussão

No último dia 12, a a Câmara dos Deputados rejeitou a MP e, dessa forma, inviabilizou, pelo menos no curto prazo, a possibilidade de criação de uma agência de caráter privado para museus brasileiros. Isto porque, quando uma MP não é aprovada, uma nova medida de igual conteúdo só pode ser apresentada na legislatura seguinte, no caso, em 2020.

No entanto, os servidores ainda planejam formas de manter a mobilização para evitar mudanças drásticas na gestão dos museus públicos no país. Um dos receios é que o governo, conforme já declarou o ministro da Cidadania, Osmar Terra, busque formas alternativas para retomar as discussões sobre a administração desses espaços culturais no país.

Os servidores da área da Cultura, que atuam em museus e espaços culturais públicos em todo o país, destacam a importância do fim da MP 850, reflexo de pelo menos cinco meses de uma mobilização que contou com engajamento dos trabalhadores e uma força-tarefa que percorreu os corredores do Congresso Nacional para cobrar dos deputados a rejeição da proposta.

 

 

Os servidores do Ibram ressaltam ainda a preocupação com o fato de que, até agora, Paulo Amaral, indicado para assumir em 2018 o instituto, ainda não foi nomeado. Eles defendem ainda que a categoria seja ouvida, respeitada, e que seus conhecimentos técnicos sejam considerados no contexto de debate envolvendo os museus nacionais.

 





CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações