Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Produtividade no trabalho de forma simples e objetiva

Produtividade no trabalho de forma simples e objetiva

Organização e rotina de trabalho relaciona-se com a produtividade e com o princípio constitucional da eficiência

Antonio Batist e Marcus Silva

 


* Antonio Batist e Marcus Silva

Olá, servidor! Vamos falar sobre organização de rotina de trabalho? Esse é um tema interessante, pois tem tudo a ver com a produtividade e com o princípio constitucional da eficiência.

Iniciar um dia de trabalho sem saber exatamente por onde começar é péssimo! Então, vamos entender como você pode organizar essa situação. 

Não está satisfeito, servidor? Então...

A importância dos valores na carreira de um servidor público

Vou te passar uma dica para que você comece bem o seu dia, de forma produtiva e sem perder tempo de forma desnecessária. 

O que eu vou falar aqui já é o suficiente para que você perceba o resultado imediato, se você aplicar de forma simples. Aliás, em nada adiantará entender a dica e não a colocar em prática.

A dica é bastante simples, de verdade, mas pode render excelentes resultados. E não poderia ser diferente, não é? Afinal, “mais é menos” é uma frase muito verdadeira. 

Faça uma lista, hoje, das coisas mais importantes que você tem para fazer no dia seguinte. Aliás, não estou falando exclusivamente de atividades relacionadas ao trabalho. 

Estou falando de qualquer atividade, ok?! Isso serve para tudo, inclusive pelo fato de que a organização de todas as atividades de sua rotina ajudará também na organização de seu dia de trabalho. 

Vou citar o meu caso, por exemplo. Eu, Marcus Silva, sempre faço uma lista de 5 coisas que eu preciso fazer no dia seguinte, assim que começar o meu dia de trabalho. 

 

 

Com isso, eu começo meu dia sem pensar no que tem que ser feito quando eu acordar, me dirigir ao local de trabalho e começar efetivamente a trabalhar. 

Não parece, mas isso evita uma perda de tempo do tipo 30 ou 40 minutos! Ou até mais, dependendo do seu caso particular. E isso, pelo menos para mim, faz uma muita falta. 

Mas, por incrível que pareça, eu consigo fazer a lista em 5 minutos, no dia anterior, à noite, em casa, ou um pouco antes sair da minha mesa, como sendo a última tarefa do meu dia. 

É notória a clareza que eu consigo ter daquilo que efetivamente é importante para o meu dia seguinte, quando essa tarefa é realizada no término de um dia de trabalho, no dia anterior.

Entretanto, uma coisa é importante: não enumere mais que 5 tarefas essenciais para o seu dia seguinte. Não passe deste número! É muito mais proveitoso que você consiga cumprir uma meta de 5 itens importantes, que enumerar 9 ou 10 itens e não conseguir executá-los. 

O lado psicológico e mental fica mais forte quando você consegue dar efetividade ao que você planeja. Ao contrário, quando você enumera uma lista de atividades que não consegue cumprir, a sensação é de incapacidade, o que vai minando a sua mentalidade e a sua energia. 

Tire 5 minutos ao final de seu dia de trabalho para enumerar as 5 tarefas prioritárias que você deseja cumprir no dia seguinte. Passe a fazer isso todos os dias. Isso te dará clareza, eficiência e tranquilidade cada vez mais. Agora, ponha em prática! E eu te vejo aqui na próxima semana! Grande abraço!

* Antonio Batist é diretor da Escola de Governança em Gestão Pública da Universidade Federal Fluminense (EGPP/UFF), doutorando em Administração, consultor, professor, empreendedor e servidor público.

Marcus Silva é auditor de controle externo do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCMRJ), exercendo a função de assessor de conselheiro, além de ter ocupado vários outros cargos públicos.

 

 







Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações