Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Mudanças de governo e o papel social do servidor público

Mudanças de governo e o papel social do servidor público

Independentemente do posicionamento político, servidores devem continuar trabalhando em prol da sociedade, diz Barragan

Antônio Carlos Barragan destaca importância
do servidor em momentos de mudança de governos

 

O país vem passando por grandes transformações nos últimos anos. No contexto político, neste primeiro mês de 2019, o Brasil deu posse a um novo presidente e a diversos novos governadores. E como deve se comportar o servidor público neste momento de mudança? Este é o foco do programa Servidor Cidadão desta semana, comandado pelo gestor público Antônio Carlos Barragan.

Meritocracia gera estímulos para atuação no serviço público

Conservação das calçadas nos espaços urbanos: a responsabilidade é de todos

Para Barragan, a mudança de governo, em âmbito federal, traz um maior impacto para os servidores, pois há uma modificação drástica de posicionamento político, pois sai um grupo de esquerda, que esteve no poder por mais de uma década, e entra um outro de direita.

“Os servidores comissionados, em especial, devem ter muito cuidado, em seu ambiente de trabalho, no que se refere a essa questão de mudança de governo. Porque se pretendem continuar trabalhando em prol da sociedade, o que deve ser o intuito, e nunca no interesse particular, é fundamental que continuem levantando todos os seus esforços e dedicação diária no trabalho para o atual governo. Não importa se ele é de esquerda ou de direita”, afirmou.

 

 

Barragan destaca ainda que os servidores efetivos, mesmo que tenham um posicionamento político diferente da atual gestão, devem olhar e apoiar aquilo que é bom que está sendo produzido pelo novo governo, seja ele da esfera federal ou estadual. Segundo ele, é fundamental que promovam a união. 

“Nas mudanças de governo, muitas vezes a ruptura acontece, até mesmo a desgovernabilidade, quando muito servidores não querem ajudar o atual governo e o sabotam. No final das contas, todo mundo paga por isso, inclusive o próprio servidor. Por isso, participem das novas gestões e levem boas ideias de políticas públicas para esses novos governantes.”, enfatizou.

Assista abaixo ao programa Servidor Cidadão desta semana:

 







Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários