Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Marketing pessoal: vestir-se bem pode ser diferencial para servidores

Marketing pessoal: vestir-se bem pode ser diferencial para servidores

Trabalhar o marketing pessoal é fundamental para qualquer servidor. Estar alinhado de acordo com órgão e carreira causam boas impressões

 

Trabalhar o marketing pessoal é fundamental para qualquer servidor público. Buscar boas apresentações, ter confiança e segurança transmitem uma boa imagem para com o gestor ou chefe em geral. Neste aspecto, o que todos os servidores precisam dar mais atenção é a questão da vestimenta usada no trabalho. Por incrível que pareça, uma boa impressão visual é primordial para criar uma imagem de sucesso e abre portas para possíveis promoções.

Como atingir metas de maneira eficiente

Qualidade de vida para o servidor na terceira idade

Um trabalhador bem alinhado de acordo com seu órgão e carreira já causa boas impressões com os chefes. Isso é, até mesmo, um processo natural. Antes mesmo de qualquer avaliação profissional, a forma como o servidor é visto é a primeira forma de avaliação, independentemente da vontade do observador. A mesma ideia é entendida pela consultora de imagem e estilo para mulheres, Georgia Pientz.

“No trabalho isso se torna extremamente relevante, não só para termos nossas ideias, planejamentos e resultados mais valorizados, como também sermos ouvidos e termos mais possibilidades de “portas abertas” ao nosso crescimento”, completou Georgia.

De acordo com o que acredita Vitor Mattoso, especialista em liderança criativa, o fato de alguém ser servidor público em nada retira todos benefícios em construir uma imagem pessoal que favoreça o marketing pessoal. Para ele, adotar uma estratégia proativa de marketing pessoal poderá diminuir as barreiras encontradas durante o expediente.

“O vestuário compõe o que chamamos de comunicação não-verbal, ou seja, as informações que as pessoas percebem sem que seja dita uma única palavra. Desta forma, quando um servidor se apresenta vestido como quem quer ser gestor, ele já está emitindo, de forma clara, uma mensagem para as pessoas”, concluiu Vitor sobre a importância de se trabalhar o marketing pessoal.

Uso da imagem para valorizar o trabalho

Neste ponto, a Georgia Pientz concorda que usar a imagem como valorização do trabalho é uma excelente ferramenta e deve ser usada para alcançar melhores resultados e objetivos. Conforme a consultora de imagem e estilo, uma aparência congruente com o cargo, auxilia na forma como as servidoras vistas e avaliadas, trazendo mais valor ao que sabem e falam.

Mas como as servidoras podem dosar o uso de maquiagem no ambiente de trabalho? Segundo Georgia Pientz, as mulheres devemlevar em conta sempre que estão num ambiente profissional e nenhum tipo de excesso é bem-visto. Portanto, maquiagem em tons leves e cabelos arrumados de forma elegante contribuem muito para transmitir uma imagem bem cuidada.

 

 

“O rosto é nossa identidade e, portanto, não adianta estar bem vestida e não ter maquiagem e cabelo arrumado. Somos reconhecidos por nossos traços faciais e precisamos estar atentas aos detalhes que valorizam nosso rosto para complementarmos nosso visual”, concluiu.

Para Vitor Mattoso, com relação aos homens, a preocupação deve ser em fazer a barba ou terem a barba bem aparada, além de estarem sempre com o cabelo cortado ou bem aparado. No entanto, é importante ressaltar que cabelo cortado não significa necessariamente curto, e barba bem feita não significa estar sem barba.

“É importante manter a personalidade, afinal, ninguém trabalha 24 horas por dia. O que não pode ocorrer é se apresentar com cabelo e barba de forma desleixada, transmitindo a impressão de relaxamento. Assim como o vestuário, cabelo e barba fazem parte da comunicação não-verbal”, completou.

Quando o assunto é o vestuário ideal no ambiente de trabalho, Vitor aconselha a procurar sempre as opções que permitam uma apresentação neutra em convicções e discreta em detalhes.

Para Georgia, o estilo mais clássico é ainda a melhor alternativa para ambientes corporativos, podendo até ter um toque de personalidade, desde que seja com bom senso.

“Cores neutras, bom caimento e evitando sempre decotes profundos (o ideal é até a altura das axilas) e roupas muito justas são opções certeiras. Cortes mais retos e tecidos mais encorpados, que não marcam, ajudam também a transmitir mais credibilidade.”

Para completar, Georgia acredita que se cuidar para exercer um cargo profissional é dar valor ao que sabe e às suas conquistas. Muitas mulheres lutaram por uma igualdade no trabalho e essa é uma excelente forma de valorizá-lo e passar uma imagem de profissionalismo e competência.

“Portanto, tão importante quanto os conhecimentos e a capacitação, que nos possibilitaram alcançar nossos cargos, é transmitir uma imagem congruente com isso”, completou.

 
Dicas de vestuário no ambiente de trabalho
       

Homens    
       
Procure sempre alinhar a tríade vestuário, personalidade, ambiente. Isso fará com que o servidor trabalhe mais bem disposto;    

Busque opções que permitam uma apresentação neutra e discreta em detalhes;

Cores chamativas e acessórios desnecessários às funções podem atrapalhar a estratégia de construção da imagem pessoal.

 

Mulheres

Evite o uso de roupas com decotes profundos e busque usar roupas adequadas;       

Evite um estilo exagerado e exuberante para transmitir credibilidade necessária através da imagem;       

O rosto é como uma identidade, estar com uma aparência facial desgastada não transmite confiança.     
 

Leonardo Diegues
[email protected]

 

 





CADASTRE-SE AGORA E VEJA MAIS SOBRE ESTE CONTEÚDO

OU

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações