Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Ceperj e Proderj criam Universidade Corporativa em TI

Ceperj e Proderj criam Universidade Corporativa em TI

Projeto se destina a qualificar servidores do estado das áreas de TI, gestão e governança 

Reunião entre os presidentes da
Ceperj e Proderj, que envolveu diretores das duas instituições,
ocorreu no último dia 29 (Foto: Luciano Mendonça)

 


No último dia 29, a Fundação Ceperj e o Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro (Proderj) se reuniram para discutir a primeira etapa do cronograma de trabalho para a implementação da Universidade Corporativa Ceperj/Proderj. 

O encontro reuniu a presidente da Fundação Ceperj, Márcia Andrade, o presidente do Proderj, Marco Vieira, o diretor da Escola de Gestão e Políticas Públicas (EGPP), Leonardo Mazzurana, e o vice-presidente administrativo do Proderj, Carlos Henrique Costa. 

‘Junho Vermelho’: hora de o servidor exercer sua cidadania

Agentes de segurança: capacitação beneficia a sociedade

Fundada pelas duas instituições, a Universidade Corporativa se destinará a qualificar servidores do governo do Estado do Rio de Janeiro envolvidos com a operação, planejamento, gestão e governança em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC).

O Proderj disponibilizará uma equipe de mentores e facilitadores em Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e a Fundação Ceperj desenvolverá os currículos por competência para os cursos presenciais e à distância, além de incluir o programa em seu quadro de cursos, de forma contínua e por demanda. 

A Universidade Corporativa Ceperj/Proderj será um espaço para conectar os profissionais do estado, desenvolver conteúdo, modelos de negócios, compartilhar aprendizado, e realizar eventos e seminários voltados para o treinamento e aprimoramento contínuo de pessoal alocado nas assessorias e demais setores de TIC das diversas Secretarias do Estado. 

 

 

Segundo o diretor da Escola de Gestão e Políticas Públicas (EGPP) da Fundação Ceperj, Leonardo Mazzurana, será formulado um currículo em TIC, com uma estrutura completa de aprendizagem. 

“O foco será em gestão de resultados, desenvolvimento de competências, cultura digital e trilhas de aprendizagem em TIC”, explica. 

Os campi terão lugar no Proderj e na Fundação Ceperj, e as qualificações e especializações serão oferecidas tanto para servidores quanto para o público externo que atue na área. 

A presidente da Fundação Ceperj, Márcia Andrade, pontua que a Universidade Corporativa terá entre seus objetivos criar um ecossistema de inovação e aprendizagem. 

“Criaremos uma rede de aprendizagem em TI e, ao mesmo tempo, desenvolveremos competências de gestão e liderança nessa área”, destaca.
 
Tanto Márcia Andrade quanto Marco Vieira acreditam que a expertise de gestão educacional da EGPP, associada à excelência do conhecimento em TIC do PRODERJ, oferecerão ao governo do Estado uma instituição diferenciada para a qualificação continuada de servidores dos diversos níveis da gestão pública em uma área de importância estratégica para governos da era digital. 

 

 







Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários