Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

A Reforma da Previdência e os servidores públicos

A Reforma da Previdência e os servidores públicos

Barragan diz que é fundamental servidor buscar o máximo possível de informações para não tomar uma decisão precipitada

Esta semana, Barragan fala sobre Reforma da Previdência

 

A Reforma da Previdência vem tirando o seu sono, servidor? Não é para menos... Afinal, o governo federal pretende estabelecer uma idade mínima para aposentadoria, o que trará impacto tanto para quem ingressou há pouco tempo no serviço público como também para quem já tem condições para passar à inatividade.

Mudanças de governo e o papel social do servidor público

Meritocracia gera estímulos para atuação no serviço público

Em seu programa Servidor Cidadão desta semana, o professor e gestor público Antonio Carlos Barragan trata sobre a Reforma da Previdência, que está na iminência de ser apresentada à sociedade e ao Congresso Nacional pelo presidente Jair Bolsonaro.

“Dentre muitas mudanças previstas, a que mais tem incomodado os servidores é que o governo estuda estabelecer uma idade mínima para eles possam se aposentar. Dessa forma, não bastará ao servidor ter apenas o tempo de contribuição para passar para a inatividade. Por isso, muitos que já têm esse tempo pensam em correr para garantir o mais rápido possível a aposentadoria”, destacou.

 

 

Enquanto fazem contas para analisar se vale a pena ou não solicitar desde já a aposentadoria, para que não tenham perdas de direitos, Barragan sugere aos servidores, sobretudo aqueles que já reúnem tempo necessário de contribuição para se aposentar, que em paralelo procurem também ler e pesquisar sobre o assunto antes de tomar qualquer atitude.

“É fundamental buscar se informar o máximo possível para não tomar uma decisão precipitada. Vai que a Reforma da Previdência seja favorável para você, servidor?”, indagou. Assista abaixo ao programa Servidor Cidadão desta semana:

 







Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários