2ª fase do Exame OAB: como fazer a marcação no Vade Mecum?
Os candidatos podem utilizar o Vade Mecum como material de consulta para a 2ª fase da OAB. Saiba como fazer marcação!
15/10/2020 17:21 | Atualizado: 15/10/2020 17:29
15/10/2020 17:21 | Atualizado: 15/10/2020 17:29

Na 2ª fase do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), os candidatos realizam uma prova prático-profissional, com quatro questões discursivas - valendo 1,25 ponto cada - e uma peça, que vale 5 pontos.

Para ser aprovado, é necessário conseguir, no mínimo, 6 pontos. Uma informação importante é que, nessa etapa, os futuros advogados podem escolher a área da prova entre as seguintes opções: 

  • Direito Administrativo
  • Direito Civil
  • Direito Constitucional
  • Direito do Trabalho
  • Direito Empresarial
  • Direito Penal
  • Direito Tributário

+ Como escolher a área para a 2ª fase da OAB?

Mas, além do estilo da prova e a chance de escolha da área, há uma outra característica da 2ª fase que deve ser levada em consideração: a possibilidade de consulta. 

Como a prova tem duração máxima de cinco horas, se você não souber como manusear o Vade Mecum, pode acabar perdendo tempo e, consequentemente, sair prejudicado na avaliação. 

O primeiro passo é escolher o livro mais adequado e a dica é que ele seja atualizado, então tente utilizar a versão mais recente. Não existe Vade Mecum melhor ou pior, essa é uma questão subjetiva e você pode escolher o que melhor se adapta às suas necessidades.

Quer uma preparação exclusiva Exame da Ordem?    » Acesse agora! « 

 

Marcação Vade Mecum
Como fazer marcação no Vade Mecum para o Exame da OAB
(Foto: Freepik)

 

Quais são as regras para o material de consulta?

Existem algumas regras em relação aos procedimentos e os materiais de consulta. Não é permitido o uso de códigos comentados, anotados, comparados ou com organização de índices estruturando roteiros de peças processuais. 

Além disso, o candidato não pode utilizar jurisprudências, anotações pessoais, cópias e impressos, informativos de tribunais, livros de doutrina, revistas, apostilas, calendários, dicionários, legislação comentada e súmulas.

Como fazer a marcação no Vade Mecum?

Sobre a marcação no Vade Mecum, o marca-texto é permitido, desde que não seja utilizado para estruturar a peça processual. Já os post-its, notas adesivas e marcadores de página em branco não podem ser usados.

Além do marca-texto, é possível fazer o uso de clipes, inclusive coloridos, para auxiliar na separação das páginas. Uma dica é utilizar separadores - feitos em gráfica - com as áreas do Direito ou as leis. Mas atenção: esses itens não podem ter nenhum tipo de anotação.

Veja também: Como estudar para a 2ª fase da OAB? Confira as dicas!

Apesar de não poder fazer anotações no Vade Mecum, é permitido o uso de remissões. Isso quer dizer que você pode indicar na folha a existência de indicar na folha leis ou artigos, por exemplo: "Art. XX do Código do Consumidor".

As marcações servem para te ajudar a otimizar o tempo de consulta e exercitar a memória, mas desde que sejam feitas de maneira adequada. Durante a sua preparação, você pode realizar simulados da prova e testar a sua habilidade com o manuseio do material. 
 

Já conhece o Smart Planner gratuito para OAB? Com ele você pode organizar o seu cronograma de estudos para 1ª fase do Exame de Ordem. 
Cadastre-se agora!
Quer receber novidades sobre OAB?
Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigida e muito mais!
Newsletter
Tudo sobre a prova da OAB você encontra aqui!Veja como funciona a prova da OAB, para que serve e todas as principais informações a respeito do Exame.
Image
Saiba mais