TJ-PR ou TJ-SC: qual concurso de tribunal vale mais a pena?

Os concurseiros da região Sul podem prestar as seleções dos Tribunais de Justiça de Santa Catarina e do Paraná. Qual será que vale mais a pena?

A região Sul está recheada de concursos públicos, incluindo previstos e abertos. Para queles que sonham em atuar como servidores de tribunais, dois se destacam, pois estão com prazo de inscrições aberto: TJ-PR e TJ-SC. Mas qual desses será que vale mais a pena?

Para ajudar os concurseiros nesta decisão difícil, FOLHA DIRIGIDA reuniu todas as informações sobre as duas seleções e fez um comparativo. Veja tudo sobre os concursos dos dois tribunais e veja qual é melhor para você!

Os critérios de comparação utilizados foram: número de vagas, tradição de convocações, salários e benefícios, andamento da seleção e informações sobre as provas.

Número de vagas

Comparar o número de vagas dos dois concursos pode até parecer injusto, já que são números bem diferentes. No caso do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, a oferta é de 26 vagas, sendo 17 para o nível médio, e nove para o superior.

Já para o Tribunal de Justiça do Paraná são 114 vagas, todas para o nível médio. Esta seleção não vai contar com oportunidades de nível superior. Por isso, quem quer ser analista, só vai encontrar chances no órgão catarinense.
 
Órgão Cargo Escolaridade Vagas
TJ-PR técnico judiciário Nível médio 114
TJ-SC técnico judiciário Nível médio 17
TJ-PR analista judiciário Nível superior 0
TJ-SC analista judiciário Nível superior 9

Mas quem tem nível médio não pode tomar a decisão só com base no número de vagas. Muitas vezes, o déficit de cargos no órgão e a tradição de convocações podem ser fatores mais decisivos!

Convocações x déficit de pessoal

O tribunal de Santa Catarina tinha, em outubro de 2017, um déficit de 600 cargos vagos de técnico judiciário. De acordo com o site do Sinjusc - Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário de SC -, esse número tem uma média de crescimento correspondente a 100 novas vacâncias por ano.
 
 
Levando isso em conta, é bem provável que o órgão realize muitas convocações dentro do prazo de validade do concurso, que é de dois anos prorrogáveis pelo mesmo período

No caso do Tribunal do Paraná, informações a respeito do déficit de técnicos judiciários não foram divulgadas. No concurso anterior, homologado em 2014, a oferta era de 160 vagas, todas também de nível médio, e foram realizadas cerca de 305 convocações.

É quase o dobro da oferta inicial. A seleção terá validade expirada este ano, por isso o órgão não vai mais poder chamar novos técnicos a menos que prossiga com o novo concurso.

.Veja também: 234 candidatos desistiram de uma vaga no TRT6 na última seleção

Salários e benefícios

No TJ-PR, os técnicos têm salário inicial de R$5.741. Além disso, os aprovados terão direito a benefícios mensais de auxílio- alimentação e auxílio-saúde, cujos valores não foram divulgados ainda.

Já no TJ-SC, o inicial é de R$3.576,54. Os benefícios divulgados são auxílio-alimentação, auxílio-creche, auxílio-funeral, auxílio-saúde, bolsas de estudo, vale transporte, além de convênios com instituições de ensino, inclusão de dependentes e empréstimo consignado. Mais informações sobre estas vantagens ainda não foram informadas.

Andamento dos concursos

Como já dito anteriormente, os dois concursos estão com inscrições abertas. No entanto, um aspecto que pode contar na decisão do candidato, é o andamento da seleção até chegar onde está.

No caso do TJ-PR, vários concorrentes desistiram da seleção por conta de falta de esclarecimentos e atrasos. Acontece que o edital já foi publicado há mais de um ano e ainda não há data de prova objetiva marcada. Por conta dessa demora, muitos vão pedir reembolso da taxa de inscrição.

O prazo para se candidatar a esse concurso já havia sido aberto uma vez, de 23 de janeiro a 21 de fevereiro de 2017. Nesta segunda-feira, 7, foi reaberto e permanecerá até 11 de maio.

O concurso do TJ-SC é aguardado desde abril de 2017, quando foi autorizado. No entanto, o edital só foi publicado no último dia 16 de abril. Embora tenha demorado, a seleção não apresentou nenhum problema até o momento. O prazo para inscrição foi aberto no dia 23 de abril e vai até 5 de junho.

Provas e etapas de avaliação

▶ Concurso TJ-PR - Técnico Judiciário
Banca: indefinido
Etapas de avaliação: prova objetiva
Datas de aplicação: indefinido
Número de questões: 60
Disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Noções de Direito e Legislação, Informática e Atualidades.

Confira o conteúdo programático:



Concurso TJ-SC - Técnico judiciário
Banca: Fundação Getulio Vargas (FGV)
Etapas de avaliação: prova objetiva
Datas de aplicação: 22 de julho
Número de questões: 70
Disciplinas: Português, Raciocínio Lógico e conhecimentos específicos.

Confira o conteúdo programático:

Material de preparação para os concursos

No site da FOLHA DIRIGIDA você encontra material de preparação exclusivo para os dois concursos! Confira as playlists de vídeos com dicas das diciplinas do Tribunal de Santa Catarina e do Paraná. 
 
Como estudar para concurso público? No e-book "10 dicas para passar em concursos" William Douglas explica qual a melhor forma de se preparar:
 

Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida