Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

MEC autoriza mais 1.205 vagas em concursos para educação

MEC autoriza mais 1.205 vagas em concursos para educação

Em nova portaria, Ministério da Educação autoriza mais 1.205 vagas na Rede Federal de Educação, em unidades como Cefet-Rio e Pedro II.

Em nova portaria publicada na última quarta-feira, 16, no Diário Oficial da União (DOU), o Ministério da Educação (MEC) autorizou mais 1.205 vagas para cargos de professor e técnicos administrativos. As oportunidades são para instituições que fazem parte da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica.

As contratações atenderão 32 institutos federais, dois centros federais de educação tecnológica e o Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro. Das 1.205 vagas em todo o país, 810 são para professores e 395 para técnicos administrativos em educação.

Acesse portaria autorizativa do Ministério da Educação

Acesse portaria autorizativa do Ministério da Educação

Essas oportunidades se juntam às últimas vagas já autorizadas pelo Ministério do Planejamento em abril deste ano. Na época, o Ministério autorizou 1.370 vagas efetivas para essas instituições.

Das 1.370 vagas, 500 são para Técnicos Administrativos em Educação (TAEs), de níveis médio, médio/técnico e superior, e as demais (870) para professores de ensino básico, técnico e tecnológico. 

Com estas vagas, estão autorizadas, ao todo, 2.575 oportunidades em toda a Rede Federal de Educação do país

De acordo com o ministro da Educação, Rossieli Soares, as novas 1.205 vagas são importantes porque garantem a continuidade da oferta e a qualidade do ensino nas instituições da Rede Federal. 

"Como nós temos o processo de expansão da Rede Federal e da oferta do ensino técnico, precisamos garantir que essa oferta seja 100% executada", explicou. O ministro afirmou ainda que o pedido de vagas ocorrerá, conforme a necessidade das instituições. 

"A cada ano, os institutos vão pedir novas contratações, porque eles ampliaram a quantidade de matrículas ou porque aquele curso começou com um número de professores, e, para continuar, precisará contratar mais profissionais", complementou o ministro.

A secretária de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eline Nascimento, reforçou as contratações e destacou que os TAEs têm um papel muito específico dentro da educação profissional. 

"Por isso, é importante não só garantir o quadro de professores, mas também o quadro de técnicos para atendimento à população. Isso é fundamental para melhorar a qualidade do ensino", disse Eline Nascimento.

Cefet-Rio, Cefet-MG e Pedro II terão novas vagas

Na nova autorização, os destaques são para os Institutos Federais Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB), que reúne 101 vagas, o de Minas Gerais (IFMG), com 97 oportunidades, e o do Rio Grande do Sul (IFRS), com 89 vagas.

No Rio de Janeiro, destacam-se os Centros Federais de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ), com 29 vagas para professor do ensino básico, técnico e tecnológico, e o de Minas Gerais, com 34 oportunidades para o mesmo cargo.

Colégio Pedro II é uma das unidades de educação contempladas com novas vagas.​​​​ (Foto: Site Pedro II)
Colégio Pedro II é uma das unidades de educação
contempladas com novas vagas.​​​​ (Foto: Site Pedro II)

Além destes, o Colégio Pedro II também foi contemplado com 36 vagas, distribuídas pelos cargos de professor do ensino básico, técnico em tecnologia da informação, fonoaudiólogo, nutricionista e assuntos educacionais.

Vale lembrar que, anteriormente, 47 vagas já haviam sido autorizadas para o Cefet-RJ, Cefet-MG e Colégio Pedro II, mas somente para profissionais Técnico Administrativos Educacionais, conhecidos como TAEs.

Também chamam atenção as vagas do Cefet-RJ, que pode voltar a abrir um concurso público - o último aconteceu em 2014 e perdeu a validade em 30 de junho de 2016

O mesmo raciocínio vale para o Cefet-MG, que já realizou concurso no ano passado para professores e, neste ano, deu início ao preenchimento de 42 vagas imediatas para o cargo de professor em diversas áreas. As inscrições ocorreram entre 28 de fevereiro e 18 de março.

Já no Colégio Pedro II, as novas vagas devem ser utilizadas na chamada de mais aprovados do concurso válido para a área de apoio, aberto no ano passado. Essa seleção está válida até 18 de outubro deste ano, podendo ser prorrogada por um ano.

Além disso, a última seleção do Colégio Pedro II, realizada em 2016 para 71 vagas de professores, também foi prorrogada. A validade do concurso passa de 18 de abril deste ano para 18 de abril de 2019.  

Prepare-se para concursos em 2018

Quer ter chances de aprovação nos concursos de 2018? Então saia na frente nos estudos com materiais especiais e videoaulas. Confira!



Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações