Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso IFRJ: reitor quer nova seleção para técnico e professor

Concurso IFRJ: reitor quer nova seleção para técnico e professor

Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, o reitor do IFRJ contou já preparar novos concursos para o instituto, para diferentes funções.

Rafael Almada reitor (Foto: Arquivo pessoal)
Rafael Almada é reitor do IFRJ

Um novo concurso IFRJ está nos planos do reitor. A informação foi passada pelo próprio gestor do Instituto Federal do Rio de Janeiro, Rafael Almada, em entrevista à FOLHA DIRIGIDA. De acordo com ele, a contratação de novos servidores e professores é uma questão que precisa ser tratada com prioridade

“A cada ano recebemos mais estudantes e isso faz aumentar a necessidade de pessoal”, disse. Reitor mais jovem da história do IFRJ, com 36 anos, Rafael Almada destacou que os concursos para servidores e professores estão programados para 2019, porém, de acordo com ele, os preparativos das duas seleções serão iniciados ainda este ano.

Os quantitativos de vagas ainda não foram informados, mas o reitor já adiantou alguns cargos que devem ser contemplados para o concurso IFRJ. “Temos necessidade de professores, assistentes administrativos, pedagogos, administradores, assistentes sociais e outros cargos”, disse Rafael Almada.

IFRJ abre periodicamente vagas para professor e técnico

Como já mencionado pelo reitor, a cada ano o Instituto Federal do Rio de Janeiro recebe mais estudantes e precisa reforçar o quadro de servidores. "Por isso, quase todos os anos temos concursos. Nossa instituição é inclusiva e, em virtude isso, também precisamos de pessoal para atender alunos com necessidades específicas, com necessidades especiais. Então,  sempre que possível e cada vez mais, estamos ampliando o nosso quadro de pessoal", afirmou.

O gestor do instituto reforçou que estão sempre abertos para a contratação de docentes. Inclusive, atualmente, para professor substituto. "A expectativa é de que, no ano que vem, tenhamos um concurso relativamente grande para professor, para atender as demandas dos campi que acabamos de inaugurar, fora as aposentadorias", disse. 

Sobre as áreas do magistério, Almada comenta que são diversas: Pedagogia, Psicologia, Design, Música, Educação Física, História, Química, Física, Matemática, Fotografia, Edição de Vídeos e Engenharia, entre outros.

IFRJ prepara concursos (Foto: Divulgação)
IFRJ prepara concursos para 2019 (Foto: Divulgação)


O reitor complementa informando que nos últimos dez anos o instituto teve muitas entradas de novos servidores. A maioria deles tem menos de 40 anos de idade e menos de dez anos de casa.

"Isso significa que estamos quase atingindo o modelo elaborado pelo MEC de gestão para cada instituto. Ou seja, de um número mínimo de servidores necessários para cada campus e para a reitoria. Além disso, nos últimos dois anos, houve a entrada de mais de 600 servidores, por meio de concursos", explica.

O MEC recentemente deu uma autorização para o preenchimento de 1.205 vagas em instituições que fazem parte da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, sendo apenas 28 para os institutos federais.

Planejamento de novos concursos deve começar este ano

Ao ser questionado sobre as previsões para os novos concursos, o reitor afirmou que os preparativo começam ainda em 2018.  "A construção de um concurso depende de tempo. Existe toda uma etapa de planejamento, de identificação das demandas, etc. Para este ano, temos algumas limitações para concurso de servidor. Então, um novo concurso pode ser pensado para 2019", explicou.

Para os concurseiros que pretendem concorrer a uma vaga no IFRJ o reitor recomenda:

"Quem deseja entrar no IFRJ precisa começar a se preparar, entendendo a instituição e vindo com muita garra, porque é isso o que a gente precisa e o grande diferencial do instituto!", afirma Rafael Almada.

Ele informa também que o IFRJ tem um ambiente muito acolhedor. "Eu sempre brinco que, mesmo sendo gestor, estar em sala de aula é onde se rejuvenesce, onde se reoxigena, e isso acaba englobando todos os servidores. Vamos ser, sempre, uma instituição de gente jovem, gente pensando diferente, gente trazendo tecnologia. E o servidor acaba se envolvendo".

Por fim, o reitor deixa um recado:

"Temos muitos desafios e precisamos que venham com muita vontade. E preparados. Comecem com esse processo de conhecimento da instituição, onde for criada, como foi criada, por que foi criada, o processo de construção da educação profissional e tecnológica, a verticalização do ensino, a educação brasileira. É importante iniciar essa preparação."


Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações