Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Saem editais dos concursos Amapá 2018 com 1.600 vagas

Saem editais dos concursos Amapá 2018 com 1.600 vagas

O Estado do Amapá publicará ainda na tarde desta quarta-feira, 11, quatro editais de concurso com 1.672 vagas para diferentes órgãos.

*Matéria atualizada em 11/07/2018 às 17h55

O Estado do Amapá terá quatro editais ainda nesta quarta-feira, 11. A informação foi passada pelo setor de Comunicação da Secretaria de Administração, que também mencionou o número de vagas e os órgãos contemplados. No total, serão 1.672 vagas, distribuídas pela Gestão Governamental, Fundação da Criança e do Adolescente, Instituto de Administração Penitenciária e Polícia Militar

Destas, 549 vagas serão imediatas e 1.123 para formação de cadastro reserva. Foi informado ainda que os editais serão publicados dentro de algumas horas no Diário Oficial e no site da banca, a Fundação Carlos Chagas.

concurso amapá (Foto: Reprodução)
Governo do Amapá divulga quatro concursos nesta quarta, 11
(Foto: Divulgação)


As oportunidades contemplarão os níveis médio e superior. Para o concurso PM-AP já foi mencionado que os cargos serão para médicos e enfermeiros. Os demais órgãos ainda não revelaram as funções. 

MP recomendou diversos concursos no Amapá

Outros concursos também devem acontecer em breve no Amapá. Isto porque, no fim de 2017, o Ministério Público do Amapá, através da Promotoria de Justiça de Macapá, recomendou ao estado a realização de concursos públicos para 45 órgãos. As seleções serão feitas para substituir contratos temporários. Confira a lista com os órgãos citados!

Segundo os promotores de Justiça que fizeram a recomendação, a Secretaria de Estado da Administração (Sead) identificou, na ocasião, 4.176 contratos administrativos aprovados pelo Amapá para contratar de servidores sem realização de concurso, sendo todos estes para ocupar cargos públicos permanentes. 

Então, o Ministério Público recomendou ao procurador-geral do Estado, Narson Galeno, e outros gestores públicos que não realizem mais contratações sem concurso público. Além disso, foi solicitado o cancelamento e extinção de todos os contratos ilegais até o dia 31 de dezembro de 2017.

Outra recomendação do ministério foi a realização de estudos e um levantamento do déficit de servidores para atividades permanentes no estado. E, consequentemente, a realização de concurso para substituir os contratos.

Com a medida, o Governo do Amapá vem acelerando a realização de concursos, com seleções como a Fcria, o Iapen e Grupo Gestão autorizadas agora em 2018 e os demais até 2019.


Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações