Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso TRE-AM para área de apoio está em estudo, diz tribunal

Concurso TRE-AM foi confirmado. Tribunal informou que tem intenção de abrir concurso para cargos de técnico e analista.

Mais uma oportunidade na Justiça Eleitoral deve sair em breve. O Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) confirmou que tem a intenção de realizar concurso público para a área de apoio. A seleção está sendo planejada para ser incluída na proposta orçamentária de 2020. 

A realização também aguarda uma aprovação da Corte Superior do órgão. As informações foram passadas pela Seção de Lotação e Gestão de Desempenho do tribunal à FOLHA DIRIGIDA nesta quinta-feira, 4. 

De acordo com o TRE-AM, as oportunidades serão para preencher os cargos autorizados pelo TSE por meio da Portaria nº 1.091/2018. O documento indica o provimento de dois cargos no tribunal amazonense, sendo um de analista e um de técnico.

TSE prevê novos concursos para tribunais eleitorais

O cargo de analista, que exige formação em nível superior, tem remuneração inicial de R$12.455,30. O valor é composto por R$5.189,71 de vencimento básico e R$7.265,5 de Gratificação por Atividade Jurídica (GAJ). 

Já o cargo de técnico, que exige o nível médio, tem inicial de R$7.591,37. Neste caso, o vencimento é de R$3.163,07 e a GAJ, de R$4.428,30. Os servidores ainda têm direito à Vantagem Pecuniária Individual (VPI), cujo valor não foi divulgado.

TRE-AM (Foto: Divulgação/ TRE-AM)
TRE-AM não tem concurso público em validade
(Foto: Divulgação/ TRE-AM)

Último concurso do TRE-AM foi aberto em 2013

O TRE-AM não tem concurso válido para técnicos e analistas. O último foi aberto em dezembro de 2013 e encerrado em 2018. Por isso, o tribunal não pode prover os cargos vagos com o cadastro de reserva formado. 

O edital ofertou 40 vagas, sendo 15 para o cargo de analista judiciário e 25 para técnico judiciário. Os selecionados foram contratados pelo regime estatutário, que garante estabilidade empregatícia.

Para o cargo de analista foram contempladas áreas como Odontologia, Direito, Medicina, entre outras. A remuneração era de R$8.276,42, incluindo R$710 de auxílio-alimentação. Já para o cargo de técnico, o inicial era de R$5.345,03, também incluído o auxílio-alimentação. 

O organizador do concurso foi o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC). As avaliações consistiram em provas objetiva e discursiva, ambas de caráter eliminatório e classificatório. A segunda era destinada apenas aos concorrentes a analista.

Os exames de múltipla escolha consistiram em 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos. A primeira parte incluíam as disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais e Regimento Interno do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Amazonas.

Concursos para tribunais 2019: como estudar?
Língua Portuguesa para Tribunais - Prof. Alexandre Soares

A avaliação valeu até dez pontos. Para ser aprovado era preciso alcançar, pelo menos, 50% do total de pontos em Conhecimentos Gerais e 50% em Conhecimentos Específicos. 

A parte discursiva também valeu até dez pontos, sendo considerados habilitados os candidatos que obtiveram nota igual ou superior cinco. Só foram corrigidos os exames dos classificados na prova objetiva. 

De acordo com dados divulgados pela banca, o concurso registrou 29.202 inscritos concorrendo, sendo 23.386 concorrentes às vagas de nível médio e 5.816 às de nível superior. 

Confira notícias de concursos de Tribunais

TRE-CE também tem previsão de concurso

Outro tribunal que poderá realizar concurso público é o TRE-CE. O órgão vai incluir a seleção na proposta orçamentária do próximo ano, para preencher vagas de técnico e analista. 

A confirmação veio após a sinalização do próprio TSE de que novos concursos para TRE’s poderiam ocorrer. Os preparativos serão iniciados apenas quando houver a autorização orçamentária. 

TRE-CE confirma concurso na proposta de orçamento para 2020

O cargo de analista do TRE-CE, que exige formação em nível superior, tem remuneração inicial de R$12.515,17, valor composto pelo vencimento básico, de R$5.189,71; pela Gratificação por Atividade Jurídica (GAJ), de R$7.265,59; e pela Vantagem Pecuniária Individual (VPI), de R$59,87. 

Já para técnico, de nível médio, o valor inicial é de R$7.591,14. Neste caso, o vencimento é de R$3.163,07, a GAJ, de R$4.428,30 e a VPI de R$59,87. Os valores são do Portal da Transparência do TRE-CE, atualizados em março deste ano.

TRE-MS diz que preferência é prover cargos vagos com concurso



ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


Comentários