Governo do Espírito Santo anuncia novo concurso para Iopes

Iopes realizará concurso  com oferta de seis vagas para o cargo de técnico superior operacional. A remuneração inicial é de R$6.162,16

O Instituto de Obras Públicas (Iopes) do Estado de Espírito Santo realizará concurso  com oferta de seis vagas para o cargo de técnico superior operacional. A oprortunidade é para que tem ensino superior em Engenharia. A remuneração inicial do cargo é de R$6.162,16.

O governador do Estado, Paulo Hartung, e a  secretária de Gestão e Recursos Humanos, Dayse Lemos foram os responsáveis peloo anúncio que aconteceu durante uma coletiva de imprensa no Palácio Anchieta. Só este mês, já foram autorizados dez novos concursos para o Estado.

Anúncio dos novos concursos foi feito em uma coletiva de imprensa realizada no Palácio Anchieta (Foto: Fred Loureiro)

 

Na última segunda-feira, dia 20 as vagas anunciadas (527 ao todo) foram destinadas para os seguintes órgãos: Detran, Sejus, Polícia Civil e Iases. Neste dia 27, a autorização também divulgou vagas para a Junta Comercial (Jucees), o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-ES) as secretarias da Educação (Sedu) e de Controle e Transparência (Secont) e Departamento de Estradas de Rodagem (DER). A maior oferta é para a secretaria de educação que oferece 1.200 vagas para os cargos de professor e agente de suporte educacional.

Último concurso foi realizado em 2008

O último concurso para o Iopes foi realizado há dez anos, em 2008. As oportunidades eram para cargos de níveis médio/técnico e superior e as remunerações iniciais variavam de R$ 1.123,79 a R$ 3.386,54. As oportunidades eram para atuação na administração e atividades operacionais do Instituto.

As vagas foram distribuídas entre os seguintes cargos: gerenciamento de projetos, gerenciamento de obras, gerenciamento ambiental, sistemas elétricos, sistemas elétricos, gestão orçamentária e financeira (contabilidade pública), assistência jurídica, administração geral, técnico operacional - rodoviária, operação e construção e técnico operacional - edificações.

Os candidatos foram submetidos a uma prova objetiva composta por questões de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Matemática e Informática) e Conhecimentos Específicos. Além disso, foi feita uma avaliação de títulos.