Versão nova do site ativada

Exclusivo! Excedentes do concurso PRF serão convocados pelo governo

A convocação dos excedentes do concurso PRF 2018 está confirmada e deverá ser oficializada pelo governo a qualquer momento.

27/05/2020 13:57 | Atualizado: 27/05/2020 17:31

Por: Mateus Jose

27/05/2020 13:57 | Atualizado: 27/05/2020 17:31 - Por: Mateus Jose

A convocação de mais 600 aprovados excedentes do concurso PRF 2018 está confirmada. FOLHA DIRIGIDA obteve, com exclusividade, a informação nesta quarta-feira, 27. A portaria autorizativa deve sair a qualquer momento.

Isso porque não está descartada a hipótese de o documento com a autorização ser publicado ainda nesta quarta, 27, em edição extra do Diário Oficial da União.

A reportagem teve acesso à minuta do decreto que autoriza a nomeação. Além disso, nos bastidores, já era esperada essa autorização, inclusive, para o DOU desta quarta, 27, o que ainda não aconteceu.

A PRF e o Governo Federal ainda não se manifestaram oficialmente sobre essa autorização. O decreto estaria autorizado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, e tem a ciência do diretor de gestão de pessoas da PRF, Rômulo Fabrício Leite e Lopes.

A única divergência da autorização para o que vinha sendo especulado é o quantitativo de nomeados. São 614 excedentes esperando esse aval para poder iniciar o curso de formação. A portaria, no entanto, autorizaria apenas 609 aprovados.

Reprodução da minuta do decreto de autorização 


FenaPRF acionou MJ e AGU para acelerar convocação

A Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais atuou junto com os remanescentes na luta pela convocação. Recentemente, inclusive, a FenaPRF realizou reuniões com autoridades primordiais que poderiam ajudar a dar celeridade a essa autorização.

Vale ressaltar que os 614 aprovados aguardam apenas a autorização do presidente para iniciar o curso de formação, visto que há previsão orçamentária e que, também, já realizaram todas as etapas anteriores do concurso público.

Eles não podem dar início ao curso pois essa etapa antecede a convocação. Dessa forma, se aprovados, teriam direito de assumir o cargo.

No dia 19 de maio, a FenaPRF se reuniu com novo ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), José Levi Mello do Amaral Junior. Na reunião, os representantes sindicais trouxeram dados do déficit atual da corporação e debateram sobre a importância da chamada desses aprovados.

“É fundamental que tenhamos um órgão tão importante do Poder Executivo ao nosso lado. Convocar os aprovados é valorizar a segurança pública e economizar dinheiro evitando acidentes e combatendo o crime nas rodovias federais”, disse Marcelo Azevedo.

Na mesma semana, a federação voltou a realizar uma nova reunião, mas dessa vez com o chefe de gabinete do Ministério da Justiça, Rodrigo Hauer. No encontro, Hauer informou à FenaPRF que o Ministério da Justiça trabalha para que os aprovados possam ser convocados ainda este ano. 

(Foto: Governo Federal)
PRF receberá aval para convocar mais de 600 aprovados excedentes
(Foto: Governo Federal)

'Como resiste a um pedido desses', diz Guedes

Além da força da FenaPRF, os aprovados também atuaram incessantemente na luta pela convocação. No dia 12 de maio, um grupo representando a comissão de aprovados abordou o presidente Jair Bolsonaro para cobrar a convocação.

Em uma cerimônia de hasteamento da Bandeira, o presidente ouviu e conversou com alguns candidatos - que defenderam a convocação dos 614 remanescentes, dizendo a ele que estava tudo encaminhado, só faltando "a canetada" final.

Bolsonaro se mostrou favorável à decisão e falava com o grupo em tom positivo e descontraído sobre o assunto. Os aprovados explicaram ao presidente a importância dessa decisão e que essa não seria qualquer escolha, mas sim um investimento para a Segurança do país.

Antes de finalizar a conversa, o presidente chamou o ministro da Economia, Paulo Guedes para participar do apelo dos candidatos. O chefe da pasta respondeu:

"Como resiste a um pedido desses?", deixando a entender que autorizará a convocação desses candidatos.

Concurso PRF com mais de 4 mil vagas? Entenda!

Além disso, a PRF ainda poderá contar com mais servidores em breve. A corporação tem pedido para novo concurso em análise no Ministério da Economia, que pode ser autorizado a qualquer momento.

A demanda enviada pela corporação foi de 4.435 vagas, sendo 4.360 para o cargo de policial rodoviário federal e as demais 75 são destinadas a carreira de agente administrativo, de nível médio.

Até o momento, o governo não deu nenhum sinal sobre a autorização. No entanto, sabe-se que a Segurança Pública sempre foi prioridade do atual governo.

PEDIDO DE CONCURSO PRF 2019

CARGOVAGAS  REMUNERAÇÃO REQUISITOS
Policial4.360R$10.357,88Nível superior em qualquer área, de 18 a 65 anos e CNH 
Agente administrativo 75R$4.022,77Nível médio completo

Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA e comece já os estudos para o concurso!

✔ E-books 
✔ Provas para download
✔ Artigos sobre concursos
✔ Editais verticalizados
✔ Vídeos com dicas

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!