Concurso TJ-PE inicia convocações e vai chamar além da oferta inicial

TJ-PE inicia convocação de candidatos aprovados no último concurso para a área de apoio, aberto em 2017 e homologado no ano passado.

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE) iniciou em abril as convocações dos aprovados no último concurso para técnicos e analistas, aberto em 2017. O órgão anunciou, ainda, que vai chamar mais pessoas além da oferta inicial de vagas. 

No início do mês os primeiros dez selecionados tiveram seus nomes publicados no Diário Oficial. O número é menor que o previsto, já que os novos servidores seriam chamados em grupos de 27 ou 28 pessoas de cada vez. 

No entanto, o tribunal prevê compensar isso nos próximos meses. Serão chamados outros 60 servidores em junho e mais 60 em novembro. Dessa forma, um total de 130 pessoas serão convocadas só este ano, 21 a mais em relação a oferta de vagas inicial.

No decorrer da validade do concurso ainda mais classificados poderão ser chamados. O prazo é de dois anos contados a partir da homologação do resultado, ou seja, até 2021, e poderá ser prorrogado uma vez pelo mesmo período. 

Entenda como funciona a ordem de convocação em concursos
Cadastro de reserva gera convocação em concurso?

O concurso TJ-PE deveria ter sido homologado no início de 2018, mas o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) pediu a suspensão. O motivo foi o recebimento de denúncias feitas por alguns candidatos sobre supostas irregularidades no dia da aplicação da prova.

Por causa disso, chegou a ser aberta uma petição pública pedindo a anulação das provas aplicadas pelo Instituto Brasileiro de Formação (IBFC), organizador. Durante a investigação, o MPPE recebeu cerca 50 manifestações de candidatos. 

Concurso TJ-PE: 'Nunca duvidei da lisura', diz presidente do IBFC sobre seleção
Concurso TJ-PE: em reunião, candidatos pedem convocações
MP já recebeu mais de 400 denúncias sobre possíveis irregularidades no concurso TJ-PE

TJ-PE (Foto: Assis Lima/ Ascom TJ-PE)
Concurso TJ-PE foi aberto em julho de 2017
(Foto: Assis Lima/ Ascom TJ-PE)

Iniciais do concurso TJ-PE chegam a R$5 mil

Publicado em julho de 2017, o edital do concurso TJ-PE ofertou 109 vagas, das quais 60 eram para técnico judiciário. Os destaques foram as áreas Judiciária e Administrativa, que exigem apenas ensino médio completo. 

As funções de Apoio Especializado exigiram também curso técnico na área da Computação para Programador de Computador e Suporte Técnico. O vencimento inicial é de R$4.222,45.

As outras 49 vagas eram de analista judiciário de nível superior. Também houve formação de cadastro de reserva para o cargo de oficial de justiça, de nível superior. Para esses a remuneração é de R$5.502,12.