Concurso PRF altera datas das provas objetivas do curso de formação

A Polícia Rodoviária Federal alterou as datas de realização das provas objetivas do curso de formação. Confira!

A Polícia Rodoviária Federal divulgou nesta sexta-feira, 11, uma retificação que altera datas do curso de formação do concurso PRF. Agora, as provas objetivas serão aplicadas em 27 de outubro e 1º de dezembro.

O documento de mudança nas datas das provas foi publicado no Diário Oficial da União e já consta no site do Cebraspe, o organizador da seleção. O aviso também informa que os gabaritos provisórios dessas etapas serão publicados nas mesmas datas de aplicação, no site da banca.

Antes, os exames estavam previstos para acontecer em 20 de outubro e 24 de novembro. As regras referente ao curso de formação constam na instrução normativa e no edital de resultados/convocação divulgado pela banca.

O curso de formação do concurso da Polícia Rodoviáriao Federal teve início em 4 de setembro e será realizado até o dia 16 de dezembro, na Academia. Por meio de uma portaria autorizativa publicada em julho, o presidente da República Jair Bolsonaro autorizou a chamada de mil aprovados, sendo 500 a mais do que o previsto em edital.

(Foto: Divulgação)
Concurso PRF tem convocações previstas na LDO 2020
(Foto: Divulgação)

LDO 2020 é aprovada e prevê convocações na PRF

Boa notícia para os aprovados da PRF. O texto final do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020 foi aprovado no Congresso Nacional na última quarta-feira, 9, e traz a autorização para a chamada de aprovados do concurso em andamento.

"O presidente mandou, para esta Casa, um pedido, uma determinação que acabava com os radares móveis. Então, presidente, se Vossa Excelência decidir acabar com os radares móveis, por favor, vamos substituí-los por pessoas e vamos convocar os remanescentes do concurso da Polícia Rodoviária Federal, porque há um deficit muito grande de policiais rodoviários em todo o Brasil", defendeu o relator da LDO na Comissão de Orçamento da Câmara dos Deputados, deputado Cacá Leão.

Em setembro, o superintendente da Polícia Rodoviária Federal, no Rio de Janeiro, inspetor Silvinei Vasques, disse que o estado receberá um reforço do efetivo em janeiro de 2020. E a previsão é de que esses novos servidores venham do curso de formação em andamento.

A declaração do representante da corporação foi dada durante coletiva com o governador Wilson Witzel e os secretários de Governo e Relações Institucionais, Cleiton Rodrigues (Polícia Civil), Marcus Vinícius Braga, coronel Rogério Figueredo (Polícia Militar) e major Fabiana Silva de Souza (Vitimização e Amparo à Pessoa com Deficiência), no Palácio Guanabara.

"O Governo Federal tem liberado e, desta forma, temos quase duplicado o efetivo nas rodovias federais. Em janeiro, vamos receber o reforço do efetivo, para que possamos reforçar mais as nossas divisas e evitar que drogas, armas e dinheiro ilícito entre no Rio de Janeiro", disse o inspetor.

Os novos servidores que forem convocados, após o curso de formação, receberão uma remuneração de R$10.357,88 (valor referente a 2019). 

Comentários