Concurso PRF 2019: corporação diz que estuda pedido de novo edital

A Polícia Rodoviária Federal confirmou que já trabalha na elaboração do pedido de concurso PRF 2019. Ainda não há quantidade de vagas.

*Matéria atualizada em 15/03/2019, às 11h19

A Polícia Rodoviária Federal já trabalha na elaboração do pedido de concurso PRF 2019 para policiais. A informação foi confirmada nesta terça-feira, 12, pela Assessoria de Imprensa da corporação, que negou já ter sido protocolada uma nova solicitação no Ministério da Economia.

Segundo a PRF, o pedido já começou a ser elaborado, mas ainda não há uma previsão de quando será enviado ao governo. 



A corporação informou que já está confirmado que enviará um novo pedido em 2019, "seguindo tradição". No entanto, ainda não estima quantas vagas serão solicitadas. Vale lembrar que o último aval foi para 500 vagas de policial rodoviário. 

O que precisa ter para concorrer?

Para concorrer ao cargo de policial, os candidatos precisam ter nível superior em qualquer área e de 18 a 65 anos de idade, conforme legislação. Podem concorrer homens e mulheres. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

A remuneração do policial rodoviário é de R$10.357,88 em 2019, valor que já inclue o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458. 

• Saiba como ficam as autorizações de concursos federais para 2019

Sobre o pedido de 2014

Nas últimas 24 horas começou a circular na internet a imagem de um pedido de concurso para a Polícia Rodoviária Federal. O processo teve dez movimentações na última segunda-feira, 11, e chamou a atenção de muitos interessados no concurso PRF.

O protocolo tramitou por diversos setores como a Secretaria de Gestão de Pessoas, Divisão de Concursos, além da Coordenação Geral de Concurso e Provimento de Pessoal.

De acordo com a PRF, porém, esse processo refere-se a um pedido feito em 2014, logo após a formação da primeira turma do concurso realizado naquele ano.

A corporação desmente qualquer notícia de que este seja um novo pedido. Diz ainda que é inviável a autorização deste preocesso tendo em vista que tal pedido foi feito tendo por base a realidade de pessoal de 2014. Hoje, segundo a PRF, o cenário é diferente. O provável, de acordo com a corporação, é que o pedido esteja apresentando modificações para ser arquivado.

PRF estuda novo pedido de concurso (Foto: Governo Federal)
PRF já estuda novo pedido de concurso em 2019
Foto: Governo Federal)

Novo diretor quer concursos anuais, segundo federação

No que depender do novo diretor-geral da PRF, Adriano Furtado, o novo concurso ganhará ainda mais força. Ele disse que pretente lutar por concursos anuais na corporação.

Em janeiro, o titular da corporação esteve reunido com alguns representantes sindicais da carreira e foi receptivo às pautas propostas pela entidade. Entre elas, o presidente da FenaPRF, Deolindo Carniel, falou sobre a importância de aumentar o número de policiais para reforçar o quadro da instituição.

Carniel pediu que Adriano Furtado lutasse junto ao governo para que sejam realizados concursos frequentes. Isso, segundo ele, amenizaria o grande déficit da corporação e ajudari a preencher o número de vagas previstas em lei.

Segundo ele, a PRF tem pouco mais de 10 mil policiais. Sendo assim, já soma uma carência de mais de 3 mil servidores. Em novembro de 2018, o então diretor-geral da PRF, Renato Dias, confirmou que haveria um novo concurso em 2019. Segundo ele, essa seleção aconteceria com muito mais vagas do que a atual.

Comece a estudar e prepare-se para o concurso PRF
confira curso para o concurso PRF

Concurso 2018 foi retomado após suspensão

O edital do concurso PRF 2018 foi publicado em novembro de 2018 e confirmou a oferta prevista de 500 vagas para a carreira de policial rodoviário federal. A seleção é organizada pelo Cebraspe, com oferta para várias regiões e divisão de vagas para ampla concorrência, negros e deficientes.

As provas escritas (objetiva e redação) foram realizadas apenas capitais na qual exista oferta de vagas no concurso, ou seja, Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, São Paulo e Tocantins.

No entanto, o concurso foi suspenso em 20 de fevereiro, logo após um comunicado divulgado pelo Cebraspe, obedecendo a uma decisão da ação popular que tramita na 2ª Vara Federal da Seção Judiciária do Ceará.

Confira o histórico da suspensão

• Concurso PRF: Cebraspe anuncia suspensão temporária da seleção
• 'Concurso PRF foi retomado', afirma diretor-geral da corporação

A seleção, no entanto, foi retomada em 28 de fevereiro, após a banca divulgar um comunicado. Na mesma ocasião, o Cebrasp ainda comunicou aos candiadtos sobre o resultado da prova discursiva que ainda não havia sido publicado.

A próxima etapa será a realização dos testes de aptidão física. previsto para os dias 23 e 24 de março. Serão cobrados os seguintes testes: 

  • Teste de flexão em barra fixa
  • Teste de impulsão horizontal
  • Teste de flexão abdominal
  • Teste de corrida de 12 minutos

♦ Concurso PRF: veja dicas de preparação para o teste físico

O órgão conta com as seguintes lotações:

⇒  Sede, em Brasília
⇒  27 superintendências regionais
⇒  150 delegacias
⇒  413 unidades operacionais
⇒  Total de mais de 550 unidades em todo o país 



Comentários