Concurso Guarda de Sorocaba-SP tem banca organizadora definida

A Fundação Vunesp foi contratada como banca organizadora do novo concurso Guarda de Sorocaba-SP, com expectativa de 50 vagas.

O concurso para a Guarda Municipal de Sorocaba, em São Paulo, teve um importante avanço para publicação do edital. A Prefeitura contratou a Fundação Vunesp como banca organizadora, conforme portaria do Diário Oficial do Estado de 21 de agosto.

A banca foi escolhida por dispensa de licitação para “realização do processo seletivo para o cargo de guarda civil municipal (masculino e feminino)”. A contratação da Vunesp foi ratificada pelos secretários de Segurança, Recursos Humanos e da Cidadania e Participação Popular.

A fundação será a responsável por receber as inscrições do concurso e aplicar as etapas, como provas objetivas. Com a escolha da banca, o próximo passo será a publicação do edital. FOLHA DIRIGIDA entrou em contato com a Prefeitura de Sorocaba para questionar o prazo.

A Assessoria de Imprensa do município, até o momento, não se posicionou. Em julho, o setor respondeu à reportagem que a expectativa era divulgar o edital no decorrer do segundo semestre. A partir da contratação da Vunesp, esses trâmites poderão ser agilizados.

Guarda de Sorocaba-SP prepara novo concurso público
(Foto: Divulgação)

 

De acordo com o vereador Fausto Peres, o concurso Guarda de Sorocaba-SP terá oferta de 50 vagas. O parlamentar enviou um requerimento à prefeitura sobre a possibilidade de colocar um guarda em cada escola da rede de ensino municipal.

Na resposta, o secretário de Relações Institucionais e Metropolitanas, Flávio Chaves, informou que a cidade abrirá novo concurso para novos guardas, com 50 vagas.

“A Guarda Civil Municipal de Sorocaba, apesar do pequeno contingente, atende muito bem a população de Sorocaba. Porém, é inegável que o concurso público que deverá ser aberto este ano, deveria abrir muito mais vagas para melhorar o policiamento em toda a cidade”, destacou Fausto Peres.

Ainda no requerimento, é citado que somente seria possível colocar um guarda municipal em cada escola se o efetivo da corporação chegasse a 700 servidores.

+ Assine a Folha Dirigida e turbine sua preparação
+ Concurso guarda de Sorocaba-SP deve ter edital no segundo semestre

Sorocaba-SP conta com mais de 400 guardas municipais

Atualmente, a corporação atua com 402 agentes. Desse contingente, 31 estão afastados por motivo de saúde e 33 fora da Guarda Civil Municipal. Assim, o efetivo em atuação é de 340 guardas civis municipais.

Metade dos ativos trabalha em postos fixos 24 horas por dia. Outros 50% são responsáveis pela proteção dos serviços públicos municipais, como o Conselho Tutelar. Segundo o vereador Fausto Peres, mesmo com o contingente reduzido, a Guarda de Sorocaba-SP atende, em média, 5 mil chamados telefônicos por mês.

A divulgação de um novo edital para Guarda de Sorocaba-SP já tinha sido adiantada à FOLHA DIRIGIDA pelo chefe de Divisão de Desenvolvimento de Pessoas da Secretaria de Recursos Humanos do município, Sergio Ponciano de Oliveira.

"A administração municipal, por meio de Planejamento da Gestão de Pessoas anual, observa sempre a capacidade, a disponibilidade orçamentária e o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal. O próximo concurso deverá ser para a Guarda Civil Municipal”, disse Oliveira em entrevista, em março deste ano.  

A Prefeitura de Sorocaba, a apenas 87 km de São Paulo capital, contrata pelo regime estatutário, que garante a estabilidade empregatícia. A administração da cidade ainda não confirmou a escolaridade e os salários atuais dos guardas municipais.

+ Sorocaba-SP prepara concurso com 50 vagas para guarda municipal

Guarda de Sorocaba-SP não tem novos concursos desde 2011

A Guarda Municipal de Sorocaba-SP não realiza novos concursos há oito anos. O último edital, publicado em 2011, trouxe a oferta de 60 vagas, sendo 50 para homens e dez para mulheres. A remuneração era de R$1.958,92 para jornada de 200 horas por mês.

Para se candidatar, foi preciso ter o ensino fundamental completo e altura de 1,59m. A banca organizadora também foi a Fundação Vunesp. Primeiro, os concorrentes foram submetidos a provas objetivas de Língua Portuguesa, Matemática, Atualidades, Noções de Informática, Legislação.

Os classificados ainda passaram por aferição de altura, Teste de Aptidão Física (TAF), avaliação psicológica e exame de saúde. O prazo de validade do concurso foi de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Saiba como estudar quando o concurso tem banca organizadora definida:



Comentários