Unipampa escolhe banca de concursos para cargos administrativos

Unipampa escolhe banca de seu próximo concurso público para cargos técnico-administrativos.

A Universidade Federal do Pampa (Unipampa), no Rio Grande do Sul, já iniciou os preparativos de seu próximo concurso para cargos técnico-administrativos. A organização e aplicação das provas será feita pela Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências, a Fundatec. 

O nome da banca escolhida foi publicada no Diário Oficial da União. A expectativa é que a seleção conte com oportunidades nos níveis médio e superior, assim como nos últimos concursos para cargos técnicos da instituição. 

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

A reportagem da FOLHA DIRIGIDA entrou em contato com a Unipampa para questionar qual a previsão para abertura do concurso, mas não houve retorno até o fechamento desta matéria. A universidade também não informou detalhes como número de vagas e cargos que serão concorridos. 

Tendo em vista que a banca organizadora já está definida, a expectativa é que o edital seja publicado em breve. Após a assinatura do contrato ambas as partes vão ajustar os últimos detalhes da seleção, como cronograma e programa de provas. 

Vale destacar que no extrato da licitação publicado no DOU a palavra “concursos” está no plural. Por isso, é possível que a universidade publique dois ou mais editais com vagas para a área de apoio, assim como em 2016.

Os 13 passos de um concurso público. Entenda!

(Foto: Reprodução)
Unipampa escolhe banca de concurso para cargos administrativos
(Foto: Reprodução)

Últimos concursos para administrativos foram realizados em 2016

Os dois últimos concursos públicos para cargos técnicos da Unipampa foram realizados em 2016, também sob organização da Fundatec. Os editais somaram 47 vagas nos níveis médio e superior, além de formarem cadastro de reserva. 

O primeiro contava com 37 oportunidades distribuídas entre cargos de técnico em radiologia, técnico em edificações, assistente em administração, secretário executivo, químico, revisor de texto, médico, entre outros.

No segundo edital foram contempladas dez vagas mais formação de cadastro em cargos de arquiteto, auditor, biólogo, economista, enfermeiro, jornalista, pedagogo, produtor cultural, publicitário, relações públicas, zootecnista, geólogo, nutricionista, técnico em diversas áreas, entre outros.

As remunerações variavam de acordo com a escolaridade da função pretendida e a carga horária de trabalho, indo de R$2.633,17 a R$4.124,54. Os valores incluem o auxílio-alimentação a que todos os profissionais têm direito, de R$458.

As oportunidades foram distribuídas por lotações em vários campi da Unipampa, mas as etapas de avaliação dos concurso foram realizadas no município de Bagé, no Rio Grande do Sul.

Como estudar para concurso público sem edital?

Todos os candidatos de ambos os concursos foram submetidos a prova objetiva com caráter eliminatório e classificatório. O exame compreendia 50 questões, sendo 20 de Conhecimentos Específicos. 

As outras 30 abrangiam disciplinas de Conhecimentos Gerais, como Português, Raciocínio Lógico, Noções de Administração Pública/ Direito Administrativo, Informática, Legislação, Ética e Conduta Pública e Legislação Institucional.

Para os cargos de técnico em audiovisual e tradutor e intérprete de Libras, do primeiro edital, também foram aplicadas provas práticas, de caráter eliminatório e classificatório.

Confira o material de preparação da FOLHA DIRIGIDA!

♦ E-books 
♦ Provas para download
♦ Artigos sobre concursos
♦ Editais verticalizados
♦ Vídeos com dicas

Comentários