Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso TRT-SP: sai edital com 320 vagas de técnicos e analistas

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo divulgou, nesta quinta-feira, 26, edital do concurso público para técnicos e analistas judiciários.

*Matéria atualizada em 2/04/2018, às 10h39
 
O edital do concurso TRT-SP foi publicado nesta quinta-feira, 26, no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho. No total, são oferecidas 320 vagas imediatas para técnicos e analistas judiciários, de níveis médio, médio/técnico e superior. Os ganhos podem chegar a R$12.742,14. O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo contrata pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade empregatícia. Ficou interessado? As inscrições já estão abertas pelo site da FCC
 
Baixe o edital do concurso TRT-SP 2018:
 
O destaque do concurso TRT-SP é o cargo de técnico administrativo, que exige apenas nível médio completo e tem 144 vagas imediatas. A função tem remuneração de R$7.592,53, já com o auxílio-alimentação de R$884. Esse valor subirá para R$7.746,73 em junho. No nível médio destacam-se também as 35 vagas de técnico de segurança, com ganhos de R$8.650,18, passando em junho para R$8.814,26.
 
No nível superior também há muitas oportunidades. Os destaques são as 53 vagas de analista judiciário, para graduados em Direito. O rendimento neste caso é de R$11.890,82, passando para R$12.143,81 em junho. O TRT-SP oferece número expressivo de vagas também para analista administrativo, com 27 vagas, e oficial de justiça, com 54.
 
 
Concurso TRT-SP tem edital divulgado com 320 vagas (Foto: Divulgação)
Concurso TRT-SP tem edital divulgado com 320 vagas (Foto: Divulgação)
No caso do analista administrativo é necessário ter graduação em qualquer área. O rendimento é de R$11.890,82, passando para R$12.143,81 em junho. Para oficial de justiça a exigência é a graduação em Direito.
 
Os ganhos são de R$15.164,03, passando para R$15.433,23 em junho. É oferecida ainda uma vaga para técnicos de tecnologia da informação e de telefonia e analistas de história, tecnologia da informação, serviço social, biblioteconomia e contabilidade.
 
Para algumas funções o tribunal forma apenas cadastro de reserva. São elas: técnico de enfermagem, com R$7.592,53 mensais, e analistas de várias áreas, todas com ganhos de R$11.890,82.
 
As áreas são Arquivologia, Engenharia, Engenharia (Segurança do Trabalho), Enfermagem, Estatística, Medicina (Cardiologia, Clinico-Geral, Medicina do Trabalho e PsiquiatrIa), Nutrição e Psicologia. Para os cargos com vagas também será formado cadastro de reserva. A validade do concurso é de dois anos, podendo dobrar.
 
 
Acesse curso da Degrau Cultural para técnico administrativo do TRT-SP

Acesse curso do Alcance para o analista judiciário do TRT-SP

Inscrições do concurso TRT-SP estão abertas

Os interessados no concurso TRT-SP já podem se inscrever. Os cadastros dos interessados devem ser feitos no site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora, até as 14h de 21 de maio. As taxas são de R$80 para técnicos e R$95 para analistas, devendo ser pagas apenas em agências do Banco do Brasil.

Candidatos de família de baixa renda, inscritos no CadÚnico, poderão pedir isenção. Essa solicitação poderá ser feita durante todo o prazo de inscrição, na página eletrônica da organizadora. O resultado dos pedidos de isenção sairá em 29 de maio. Quem tiver o pedido de isenção indeferido poderá participar do concurso pagando a taxa. Neste caso, o concorrente deverá gerar um novo boleto, no site da FCC, entre as 10h de 8 de junho até as 14h do dia 12 do mesmo mês.

Confira curso completo para o analista administrativo do TRT-SP

Acesse também curso completo do Gran Cursos Online para analista de TI

Provas do concurso TRT-SP marcadas para o fim de julho

O TRT-SP avaliará os candidatos por meio de prova objetiva e redação. Os exames estão marcados para 22 de julho. Pela manhã, realizarão as avaliações os candidatos a técnico. À tarde, será a vez de os interessados na função de analista serem avaliados.

Desta forma, é possível dupla concorrência no concurso, no caso dos graduados (podem se candidatar às vagas de técnico administrativo e analista administrativo ao mesmo tempo). O resultado preliminar da objetiva e da redação está previsto para sair em 11 de setembro. A nota final das avaliações está programada para 20 de outubro. A homologação deverá acontecer pouco depois disso, com contratações acontecendo de forma imediata.

Na objetiva, serão 60 questões para técnicos, sendo 20 de Conhecimentos Básicos e 40 de Conhecimentos Específicos, e 70 para analistas, sendo 30 de Conhecimentos Básicos e 40 de Conhecimentos Específicos. Serão aprovados os candidatos a técnico que conseguirem 200 pontos e os concorrentes a analista que alcançarem 240. O alcance desta pontuação, conforme tradição da FCC, leva em conta uma média ponderada da banca. Confira a seguir as disciplinas das provas do concurso TRT-SP.

Prova objetiva técnico administrativo e demais (exceção de Segurança, Telefonia, Enfermagem eTI)

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa;
Matemática e Raciocínio Lógico;
Noções de Informática;
Noções sobre Direito das Pessoas com Deficiência;
Legislação e Ética no Serviço Público;

Conhecimentos Específicos
Noções de Direito Constitucional;
Noções de Direito Administrativo;
Noções de Direito do Trabalho;
Noções de Direito Processual do Trabalho;
Noções de Gestão Pública;

Prova objetiva técnico de segurança

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa;
Matemática e Raciocínio Lógico;
Noções de Informática;
Noções sobre Direito das Pessoas com Deficiência;
Legislação e Ética no Serviço Público;

Conhecimentos Específicos
Noções de Direitos Humanos;

Prova objetiva técnico de enfermagem

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa;
Matemática e Raciocínio Lógico;
Noções de Informática;
Noções sobre Direito das Pessoas com Deficiência;
Legislação e Ética no Serviço Público;

Conhecimentos Específicos
Noções de Enfermagem;

Prova objetiva técnico de tecnologia da informação

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa;
Matemática e Raciocínio Lógico;
Noções de Informática;
Noções sobre Direito das Pessoas com Deficiência;
Legislação e Ética no Serviço Público;

Conhecimentos Específicos
Fundamentos de Computação;

Prova objetiva técnico de telefonia

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa;
Matemática e Raciocínio Lógico;
Noções de Informática;
Noções sobre Direito das Pessoas com Deficiência;
Legislação e Ética no Serviço Público;

Conhecimentos Específicos
Elementos de Comunicação;

Prova objetiva analista administrativo e judiciário

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa;
Matemática e Raciocínio Lógico;
Noções de Informática;
Noções sobre Direito das Pessoas com Deficiência;
Legislação e Ética no Serviço Público;

Conhecimentos Específicos 
Noções de Direito Constitucional;
Noções de Direito Administrativo;
Noções de Direito do Trabalho;
Noções de Orçamento Público;
Noções de Administração Pública
Gestão de Pessoas;

Prova objetiva analista de Direito e Oficial de Justiça

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa;
Matemática e Raciocínio Lógico;
Noções de Informática;
Noções sobre Direito das Pessoas com Deficiência;
Legislação e Ética no Serviço Público;

Conhecimentos Específicos
Direito Constitucional;
Direito Administrativo;
Direito do Trabalho;
Direito Processual do Trabalho;
Direito Civil;
Direito Processual Civil;

Prova objetiva analistas demais áreas

Conhecimentos Básicos
Língua Portuguesa;
Matemática e Raciocínio Lógico;
Noções de Informática;
Noções sobre Direito das Pessoas com Deficiência;
Legislação e Ética no Serviço Público;

Conhecimentos Específicos
Área escolhida;

Concurso TRT-SP poderá ter até 6.960 aprovados no cadastro de reserva

O TRT-SP informa no edital que até 6.960 aprovados poderão figurar no cadastro de reserva, tendo chances de contratação. O quantitativo é resultado das 6.660 redações que serão corrigidas por cargo e dos 360 testes físicos que acontecerão, no caso do técnico de segurança. Confira abaixo!
 

Técnico Judiciário – Área Administrativa ➜ Até 3.600 aprovados no C.R.
Técnico Judiciário – Área Administrativa – Telefonia ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Técnico Judiciário – Área Administrativa– Especialidade Segurança ➜ Até 360 aprovados no C.R.
Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Enfermagem ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Técnico Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação ➜ Até 24 aprovados no C.R.

Analista Judiciário – Área Judiciária ➜ Até 1.800 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Especialidade Oficial de Justiça ➜Até 240 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Administrativa ➜Até 480 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Administrativa – Especialidade Contabilidade ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Arquivologia ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Biblioteconomia ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Enfermagem ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Engenharia ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Engenharia (Segurança do Trabalho) ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Estatística ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Cardiologia) ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina (Clínico Geral) ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina do Trabalho ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Medicina Psiquiatra ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Nutrição ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Psicologia ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Serviço Social ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação ➜ Até 24 aprovados no C.R.
Analista Judiciário – Área Apoio Especializado – Especialidade História ➜ Até 24 aprovados no C.R.

Quer conhecer o preparatório da Central de Concursos do TRT-SP?
curso para concurso TRT-SP

Saiba sobre redação e teste físico do concurso TRT-SP

O concurso TRT-SP terá ainda a redação, para todos os cargos. Esse texto deverá ser argumentativo-dissertativo, tendo de 20 a 30 linhas. Será aprovado quem conseguir pelo menos 60 pontos. O técnico de segurança realizará, além da prova objetiva e redação, teste físico.No total 360 aprovados serão submetidos a essa etapa. Confira a seguir vídeos com orientações para a redação e a prova física.

Prepare-se para a redação do TRT-SP 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Por que fazer o concurso TRT-SP?

O concurso TRT-SP  tem vários atrativos, que tornam a seleção bastante atrativa. Confira abaixo os detalhes das carreiras, tais como benefícios, promoções e reajustes salariais.



Cadastre-se e tenha acesso completo ao conteúdo do Folha Dirigida

Comentários