Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Como estudar para concurso TRT-SP de técnico judiciário?

Como estudar para concurso TRT-SP de técnico judiciário?

Está interessado no técnico administrativo do concurso TRT-SP? Confira as dicas da professora Viviane Rocha, da Central de Concursos.

O edital do concurso TRT-SP para técnicos e analistas será publicado até o final de abril, de acordo com informações do próprio Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. A expectativa é que seja divulgado já na próxima semana, entre 23 e 27 de abril. Mas, se você está interessado em concorrer a uma vaga no TRT2, o recomendado é estudar desde já.
 
Para saber como se preparar para o cargo de técnico judiciário da área administrativa, que exige apenas nível médio completo, FOLHA DIRIGIDA conversou com a professora Viviane Rocha, da Central de Concursos.
 
Ela acredita que, para o candidato ter sucesso e imprimir um bom ritmo de estudos para a prova do concurso TRT-SP, que ainda não tem data definida - a previsão é de que sejam em julho -, o fundamental é estabelecer um planejamento e ter disciplina na rotina de preparação.
 
A professora indica que o cronograma seja baseado na realidade da Fundação Carlos Chagas, organizadora do concurso TRT2.

Edital do último concurso TRT-SP deve ser a base dos estudos

Viviane Rocha recomenda que os candidatos tenham como base o último edital do concurso para o Tribunal, que também teve a FCC como banca. Ele ressalta ainda que devem ser levadas em consideração “as alterações de legislações que, hoje, estão vigentes e nos concursos do mesmo órgão que estão, nesse momento, com edital também publicado”.
 
Quer conhecer o preparatório da Central de Concursos do TRT-SP?
curso para concurso TRT-SP
 
No último concurso para técnico administrativo do TRT-SP foram cobrados conteúdos gerais e específicos para a prova objetiva. Os concorrentes ainda foram submetidos a uma prova discursiva, a redação.
 
No infográfico abaixo, a professora Viviane Rocha elencou cinco dicas do concurso TRT-SP para técnico administrativo:
 
Como estudar para técnico administrativo do concurso TRT-SP?

Imagem relacionada Conheça a estrutura habitual de uma prova FCC

A primeira dica da professora Viviane Rocha para começar os estudos para o cargo de técnico da área administrativa é conhecer a estrutura de uma prova organizada pela FCC. Por isso, o candidato deve se atentar aos conteúdos exigidos no concurso, a divisão das provas e os critérios de avaliação.
 
A prova objetiva para o cargo no último concurso TRT-SP, por exemplo, foi composta por 60 questões distribuídas da seguinte maneira:
 
➤ 30 questões de Conhecimentos Gerais, cada uma de peso 2, que versaram sobre as disciplinas de Língua Portuguesa (Gramática e Interpretação de Textos) e Raciocínio Lógico.
 
➤ 30 questões de Conhecimentos Específicos, cada uma de peso 1, que versaram sobre as disciplinas de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Trabalho e Direito Processual do Trabalho e Gestão Pública.
 
Baixe o edital do concurso TRT-SP 2013
 
Já na prova discursiva, os concorrentes tiveram que escrever uma redação. Nesse caso, normalmente, são avaliados critérios de conteúdo, expressão e estrutura. Mas, no último concurso, a redação foi de caráter eliminatório e classificatório. O texto foi avaliado na escala de zero a 100 pontos, sendo habilitado o candidato que obteve nota igual ou superior a 50.
 
Os 100 pontos foram verificados levando em consideração os quesitos de conteúdo - até 40 pontos, estrutura - até 30 pontos e expressão - até 30 pontos. Por esse motivo, “a estrutura e critérios de avaliação são importantes para a elaboração de um plano de estudos”, garante a professora Viviane Rocha.

Imagem relacionada Defina os dias, horas e material de estudo do concurso TRT-SP

A segunda dica é definir os dias, a quantidade de horas e o material que será utilizado durante a preparação para o concurso. “É muito importante a escolha de um bom material ou curso preparatório para o estudo das teorias, proceder a resolução de muitos exercícios, principalmente com o estilo e dinâmica das provas da organizadora”, diz Viviane ao relembrar que a FCC costuma fazer provas cansativas e que requerem uma preparação que vai além do aprendizado dos conteúdos.
  
Primeiro, divida os dias e estabeleça uma sequência de disciplinas e horários para estudos. Depois, comece logo sua preparação! “Imponha uma data. Ela ajudará você a bater as metas de estudo estabelecidas”, indica a professora.

Imagem relacionada Comece estudos pelas disciplinas básicas do concurso TRT-SP

Conforme as disciplinas do último concurso, o candidato poderá encontrar os tópicos que merecem sua atenção. A professora Viviane recomenda que a preparação seja iniciada pelas disciplinas mais básicas, tanto na prova de conhecimentos gerais quanto específicos.

 
“Um exemplo disso é o início de estudos pela Língua Portuguesa, algo que vimos em toda nossa vida acadêmica, e Direito Constitucional, que dará base para o estudo das demais disciplinas de Direito.”
 
Para os que estão iniciando seus estudos, a professora da Central de Concursos indica verificar as disciplinas que têm mais facilidade e quais têm mais dificuldade. Isso para que processo de aprendizagem seja menos cansativo.
 
“É importante não estudar muitas horas somente uma disciplina e nem somente o que mais gosta. Há necessidade de equilibrar os estudos dividindo as horas nos conteúdos que são de mais fácil e de mais difícil absorção”, diz Viviane Rocha. 

Imagem relacionada Dedique-se às disciplinas mais complexas do concurso TRT-SP

Tendo consciência dos conteúdos e dos conhecimentos adquiridos previamente, o candidato deve estabelecer mais horas de estudos às disciplinas que requerem dele maior dedicação e tempo para o processo de absorção.
 
“No dia-a-dia os candidatos devem iniciar seus estudos pelas disciplinas que requerem maior concentração e tenham maior dificuldade de compreensão. O fato de estar descansado contará pontos a favor dele. As disciplinas cuja absorção já é relativamente fácil ou melhor, o candidato poderá fazer uso de resumos e questões para a manutenção e revisão dos conteúdos”, esclarece a professora Viviane.

Candidatos devem ficar atentos a mudanças na lei

Como dito acima, os concorrentes ao concurso do TRT2 devem estar atentos também às mudanças nas leis que estão em vigor. No vídeo abaixo, o professor Fábio Talhari, da Central de Concursos, explica, por exemplo, as mudanças da legislação a partir da Reforma Trabalhista de 2017.
 

Imagem relacionada Treine para a redação do concurso TRT-SP

Durante as etapas do concurso, muitos candidatos são aprovados nas provas objetivas e eliminados na discursiva. Para não ser um desses, a professora Viviane indica o treinamento para redação.
  
“Você deve considerar, para efeito de estudo, os critérios de avaliação já relacionados e um limite mínimo de 20 linhas e máximo de 30 linhas, para que não tenha a estrutura e conteúdo prejudicados”.

Imagem relacionada Prepare seu físico e psicológico para as provas do TRT-SP

Os candidatos terão apenas 4h30 para resolver as provas objetivas e discursivas. Por isso, o recomendado é preparar o físico e o psicológico para essa verdadeira maratona.
  
“Muitos candidatos ficam com sono ou cansados durante as provas. Sendo assim, preparação física, descanso e concentração são fundamentais. A quantidade de horas no próximo concurso pode ser alterada. Esteja pronto para qualquer quantidade”, explica a professora Viviane Rocha.

Imagem relacionadaDicas bônus para as provas do concurso TRT-SP

A professora ainda deixa três últimas dicas para a hora da prova. Confira:
 
✦ Nunca se esqueça de alimentar-se e hidratar-se bem, antes e durante as provas, evitando alimentos pesados e que podem causar sono no período da prova;
 
✦ Outra dica é ter calma para a leitura dos textos e a passagem do gabarito. Errar na passagem do gabarito é comum, pois, muitos não treinam para isso;
 
✦ E, o mais importante, é confiar na dedicação e acreditar no sonho. Isso também aumentará a segurança e o desempenho na prova.
 

Concurso TRT-SP: edital está na iminência para ser publicado

O edital do concurso TRT-SP sairá até o final de abril e as provas objetivas serão aplicadas em julho. Tais prazos foram divulgados pelo próprio Tribunal Regional do Trabalho na sua página no Facebook. O órgão ainda descartou a possibilidade das provas serem marcadas para o domingo de 15 de julho, final da Copa do Mundo de 2018.
 
O concurso TRT-SP foi autorizado, por unanimidade, em novembro de 2017, durante sessão administrativa. As carreiras de técnico e analista judiciário, que exigem níveis médio e superior, serão contempladas. As especialidades ainda não foram reveladas.
 
No entanto, o Tribunal respondeu a um seguidor no Facebook que a especialidade de oficial de justiça avaliador poderá contar com oportunidades no concurso. Nesse caso, para se candidatar é preciso ter graduação em Direito. A remuneração é de R$12.742,14, incluindo vencimento básico, gratificação judiciária (GAJ) e gratificação de atividade externa (GAE).
 
Os cargos de técnico judiciário também deverão ter um número expressivo de vagas na seleção. Isso porque, de acordo com levantamento publicado pelo TRT-SP no dia 28 de fevereiro, faltam 177 técnicos no órgão. Atualmente, um técnico judiciário tem vencimentos de R$6.708,53.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações