Concurso TRT15: mesmo com greve, provas estão mantidas

A greve dos caminheiros pelo alto valor dos combustíveis preocupa os 70 mil candidatos do concurso TRT15. Vai ter prova? Confira os detalhes!

24/05/2018 12:47 | Atualizado: 30/05/2018 06:10

24/05/2018 12:47 | Atualizado: 30/05/2018 06:10
A greve pelo alto valor dos combustíveis preocupa os 70 mil candidatos do concurso TRT15 , cujas provas estão marcadas para domingo, 27 de maio. Tradicionalmente, as seleções de tribunais atraem inscritos de todo país que chegam aos locais de prova através das estradas ou por avião. O problema é que com a paralisação dos caminheiros desde segunda-feira, 21, muitos postos de gasolina já estão sem estoque, assim como os aeroportos. A falta de combustível no país afetou também as frotas de ônibus, que foram reduzidas, assim como o número de voos.
 
Atualização: A reunião realizada na manhã desta sexta-feira, 25,  resultou no adiamento das prova s. O tribunal contatou a FCC, que divulgou um comunicado de suspensão do exame oficialmente. Ainda não há uma nova data para que as provas sejam realizadas.
 
O setor de concursos do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região informou à FOLHA DIRIGIDA nesta quinta-feira, 24, que as provas estão mantidas. Até o momento, não há posição contrária a aplicação das provas. A diretoria do TRT está em contato com a Fundação Carlos Chagas, banca responsável pelo concurso, que mantém as provas para domingo, 27 de maio.
 
Caminheiros protestam contra os altos preços do combustível
(Fernando Frazão/Agência Brasil)

 

Diante da crise dos combustíveis, os concorrentes do concurso se questionam como conseguirão chegar aos polos de aplicação dos exames, nas cidades do interior de São Paulo , como Campinas e Ribeirão Preto. FOLHA DIRIGIDA perguntou aos candidatos, através de um grupo no Facebook, quais são as suas estratégias para não perder as provas.
 
A candidata Inês Miranda, que chegaria ao local de prova por ônibus, disse que a companhia já cancelou sua passagem. “Aqui na minha cidade não tem combustível e fui comprar passagem no guichê da empresa de ônibus, que deixou bem claro que não é possível rodar”, contou ela.

Encher os tanques de gasolina é uma das soluções encontradas

Morador de Recife, o concorrente Daniel Chagas vai até São Paulo de carro. Por isso, optou por abastecer o tanque antes que os estoques de gasolina da cidade acabem. “Enchi o tanque antecipadamente. Vou sair de Recife. Espero chegar a tempo”, disse. Marcela Myrtha também terá que percorrer 500 kms de carro até o seu local de prova. Seu grande medo é não ter combustível para chegar nem para voltar a sua cidade.
 
“Estamos realmente muito preocupados com a situação da greve, como será para chegar e sair. Eu, por exemplo, irei de carro, são 500 km de minha cidade até lá. Aqui já não tem mais combustível, não sei se terei combustível nem para chegar e nem para voltar. Como eu, tem muita gente”.
Para Beatriz Rossman os candidatos que optaram por ir de carro devem se preocupar também com as manifestações nas estradas, que podem fechar a passagem dos veículos. “Quem vai de carro tem que torcer pra não ter trechos da estrada fechados em razão de protestos”, comentou a concorrente do concurso TRT15.

Candidatos pedem que provas do concurso TRT15 sejam remarcadas

Para evitar maiores transtornos devido a greve dos caminheiros, muitos candidatos a técnico e analista judiciários do concurso TRT15 preferem que as provas sejam remarcadas. Carla Costa, por exemplo, mora no norte de Minas Gerais e já cancelou sua reserva de hotel em Campinas, no estado de São Paulo.
 
“Já cancelei hotel em Campinas, pois só podia cancelar até hoje senão pago. E uma questão econômica brasileira, afetando o país, a FCC tem que avaliar. Ninguém perde passagem, nem voo, tudo será remarcado por se tratar de caos geral”, relatou a candidata.
A Assessoria de Imprensa do concurso TRT15 não retirou a possibilidade de que as provas sejam adiadas. Em nota enviada à FOLHA DIRIGIDA nesta quinta-feira, 24 disse: “avisaremos em caso de nova data”. Existem candidatos, no entanto, que já viajaram até as cidades onde realizarão os exames, e que são contra a possível remarcação.
 
Camila Vieira é um dessas pessoas. “Eu já viajei, se cancelarem vou perder a passagem, não tem alternativa”, lamenta. Outra preocupação dos candidatos, caso as provas sejam adiadas, é que o concurso TRT-RJ tem os exames marcados para o dia 10 de junho. Caso a remarcação caia neste mesmo dia, muitos concorrentes que estão na disputa pelas duas seleções teriam que optar por uma delas.
“Nós já estamos inscritos para a prova do TRT1 RJ. Se remarcarem a prova deste domingo as chances de cair na mesma data são grandes o que nos deixa com mais preocupação”, disse a candidata Nathália Fernandes.

Concurso TRT15: mais de 70 mil foram convocados para provas

concurso TRT15 tem oferta de apenas duas vagas imediatas  para os cargos de técnico judiciário – área administrativa (Segurança) e analista judiciário – área de apoio especializado (Medicina). Ambas para o polo de trabalho de São José do Rio Preto. Os vencimentos podem chegar a R$12.742,14 para jornada de trabalho de 40 horas semanais. As demais oportunidades são para formação de cadastro de reserva em outras cidades do interior paulista.
 
Concurso TRT15 tem oferta para níveis médio e superior
(Foto:TRT15)

 

A seleção apresenta 70.339 candidatos a técnicos e analistas judiciários . O destaque é para técnico da área administrativa que contabiliza, ao todo, 36.121 concorrentes na disputa por vagas para cadastro de reserva. Para se candidatar a essa função era preciso apenas do ensino médio completo.
 

Quer cursos preparatórios para técnico da área administrativa?

 
As provas do concurso TRT15 serão aplicadas em dois momentos. No turno da manhã, às 8h, serão aplicadas para técnico judiciário. Já no turno da tarde, às 14h30, será a vez dos candidatos aos cargos de analistas judiciários realizarem os exames. A organização do concurso TRT15 orienta que os inscritos cheguem aos locais designados com meia hora de antecedência.
 
As provas terão duração de 4h30 para todos os candidatos. A exceção é para os concorrentes aos cargos de técnico administrativo e técnico de segurança, que terão apenas quatro horas para completar as provas. Os exames serão compostos por 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Básicos e 40 de Conhecimentos Específicos. Haverá ainda uma prova discursiva. Para técnico da área administrativa, o exame terá a seguinte estrutura:
 
Conhecimentos Gerais – 20 questões:
• Língua Portuguesa;
• Regimento Interno;
• Noções sobre Direitos das Pessoas com deficiência;
• Raciocínio-lógico-matemático.
➤ Conhecimentos Específicos – 40 questões
➤ Redação.
 
Os inscritos a técnico judiciário na especialidade de segurança ainda estarão submetidos à prova de aptidão física, a ser realizada no dia 23 de setembro, em Campinas-SP. Os aprovados nessa carreira, por sua vez, também realizarão o curso de formação inicial. 

Reta final de preparação para as provas do concurso TRT15

Com as provas do concurso TRT15 mantidas para o domingo, 27 de maio, os concorrentes devem intensificar os estudos. Revise os tópicos de Direito do conteúdo programático com os vídeos abaixo:

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...