TJ-GO autoriza contratação de organizadora do concurso para cartório

Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) autorizou a contratação da organizadora do concurso para cartório. Edital deve ser publicado em breve.

O Tribunal de Justiça de Goiás divulgou uma autorização para contratação do Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (IESES) como organizador do concurso para cartórios. A publicação foi feita no Diário Oficial do Estado desta terça-feira, dia 9.

Segundo informações cedidas à FOLHA DIRIGIDA pelo próprio tribunal, o quantitativo de vagas do concurso ainda está sendo elaborado pela corregedoria do TJ-GO, mas não deve demorar muito para ser publicado.

Poderão participar da seleção bacharéis em Direito. Também poderão concorrer candidatos que tenham exercido por 10 anos completos a função no serviço, até a publicação do edital.

• É possível estudar para concurso público antes do edital. Saiba como!

Pessoas assinando contrato
Ieses será a banca responsável mpor organizar a seleção para cartórios
(Foto: Pixabay)

Tribunal não realiza concurso para cartórios há 11 anos

O último concurso para cartórios do TJ-GO foi realizado em 2008. Na época, a oferta era de 50 vagas distribuídas pelos cargos de tabelião e oficial de registro.

As vagas poderiam ser preenchidas por ingresso ou remoção. Foram admitidas inscrições de titulares dos serviços notariais e de registro das unidades judiciárias da mesma classificação e atribuições às daquele que se encontra vago.

Além disso, os candidatos deveriam exercer, efetivamente, suas atividades há mais de dois anos, completados até a data da primeira publicação do edital.

A Universidade Federal de Goiás foi a responsável por organizar a seleção. Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva, discursiva e de títulos.

Foram cobradas questões de Direito Administrativo, Constitucional, Civil, Processual Civil, Penal, Processual Penal, Comercial, Tributário e Legislação Especial.

TJ-GO tem concurso previsto para Juiz Substituto

Em março deste ano o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, Walter Carlos Lemes, anunciou a realização de um novo concurso com 43 vagas para juiz substituto. No entanto, a seleção depende de disponibilidade financeira e orçamentária do Judiciário para ser realizado.

Conforme informou o Tribunal à reportagem da FOLHA DIRIGIDA nesta terça, dia 9, ainda não há previsão sobre quando haverá novidades em relação a esse concurso. Isso porque o Judiciário foi informado pelo Executivo que não poderá realizar nomeações em concurso público até junho de 2020.

Prepare-se desde já para a seleção

Botão com link para curso de preparação

Porém, a expectativa é que a seleção tenha início em breve, visto que se trata de um processo demorado. O último concurso, por exemplo, realizado em 2014, teve cinco etapas de seleção.

Foram elas: provas objetivas, provas escritas, sindicância de vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental, exame psicotécnico, prova oral e avaliação de títulos.

Para participar deste concurso é preciso ter o bacharel em Direito e pelo menos três anos de prática jurídica. A remuneração dos juízes substitutos, segundo dados do Portal de Transparência do órgão de fevereiro, é de R$28.884,25. A remuneração pode chegar a R$35.462,28, ao longo da carreira.

O seu estudo para concurso precisa começar agora!

ASSINE

Para ter acesso a este conteúdo, notícias e preparativos

ASSINAR


Comentários