Concurso TRF4 publica resultados definitivos das provas do concurso

O Tribunal Regional Federal da 4° Região divulga os resultados finais das provas objetivas, estudo de caso e redação do concurso TRF4.

O Tribunal Regional Federal da 4° Região publicou em seu Diário Eletrônico o edital anunciando os resultados finais do concurso TRF4 para técnicos e analistas. Os candidatos deverão conferir a classificação geral no site da Fundação Carlos Chagas (FCC).

Também já está diponível a consulta dos locais de avaliação dos candidatos autodeclarados negros e das provas de capacidade física. Para consultar, os concorrentes devem acessar a área do candidato, informando seu CPF.

As respostas dos recursos interpostos contra o resultado preliminar ficarão disponíveis por um prazo de sete dias, contados a partir de sua data de publicação. Os resultados finais englobam as provas objetivas, o estudo de caso e a redação.

Veja o aviso sobre o resultado definitivo das provas

As avaliações foram realizadas no dia 4 de agosto. As provas foram aplicadas nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, onde o Tribunal Regional Federal da 4° Região tem jurisdição.

A prova objetiva contou com 50 questões. Essas foram distribuídas pelas disciplinas de Português, Raciocínio Lógico-Matemático e Conhecimentos Específicos.

+ Fui reprovado no concurso que fiz. E agora?

TRF4
TRF4 divulga o resultado final das provas do concurso para técnicos e analistas
(Foto: Divulgação)

Aprovados já foram convocados para a próxima etapa

O TRF4 já liberou o edital de convocação para os testes de capacidade física do concurso. O documento foi publicado no dia 17 de outubro. Na mesma data foi publicada a convocação para a avaliação dos autodeclarados negros. 

As avaliações estão marcadas para os dias 2 e 3 de novembro, nas cidades de Porto Alegre-RS, Florianópolis-SC e Curitiba-PR. Os locais e horários serão enviados aos concorrentes por e-mail.

Será considerado negro o candidato que assim for reconhecido por pelo menos um dos três integrantes que irão compor a comissão avaliadora. Será analisado o fenótipo do candidato durante a apresentação presencial. Poderá ser feita, ainda, uma entrevista, a critério da comissão.

Já os candidatos ao cargo de técnico judiciário da área de Segurança e Transporte aprovados na prova objetiva foram convocados para a fase de prova prática de capacidade física. A avaliação será realizada no dia 3 de novembro, também nas cidades de Porto Alegre-RS, Florianópolis-SC e Curitiba-PR.

Os candidatos devem chegar aos locais de prova com antecedência de 30 minutos. Os que não comparecerem serão desclassificados do concurso.

Os candidatos serão submetidos às atividades de: teste de flexo-extensão de cotovelos sobre o solo; teste abdominal em 1 minuto; e teste de corrida de 12 minutos.

+ Concurso TRF4: publicado edital de convocação para testes físicos

Concurso oferece vagas para formação de cadastro de reserva

Todas as vagas do concurso TRF4 são para formação de cadastro de reserva. Os aprovados serão convocados ao longo do prazo de validade do concurso. A validade será de dois anos, prorrogáveis por igual período. 

Para técnicos, há vagas nas áreas Administrativa, de Segurança e Transporte e Tecnologia da Informação, que exigem o ensino médio completo. Para área de Segurança e Transporte também ainda é exigido carteira de habilitação nas categorias D ou E. Já para área de TI o requisito era ter formação técnica na área.

A remuneração para técnicos das áreas Administrativa e de TI é de R$8.501,45, já somando o vencimento básico mais a Gratificação de Atividade Judiciária e o auxílio-alimentação de R$910,08. Para técnicos de Segurança e Transporte o valor é de R$9.608,52, contando os mesmos benefícios.

Para analistas as oportunidades são para as especialidades de Tecnologia da Informação, que exige o nível superior em Tecnologia da Informação. Além das vagas para as áreas de Direito (Judiciária) e Oficial de Justiça Avaliador Federal, com exigência de graduação em Direito.

A remuneração para as áreas de TI e Direito é de R$13.345,38 e de R$16.719,66, para a área de Oficial de Justiça Avaliador Federal. Os valores já contam com os benefícios descritos anteriormente.

A carga de trabalho de todos servidores do TRF4 será de 40 horas por semana. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia ao servidor.

Ao todo, 169.521 pessoas se candidataram no concurso. Foram contabilizadas 69.326 candidaturas no Rio Grande do Sul, 63.418 no Paraná e 36.777 em Santa Catarina.

O cargo de técnico judiciário — área Administrativa foi o que mais atraiu candidatos. Foram 104.595 inscrições. O cargo de analista judiciário — área Judiciária também é um dos mais concorridos, com 38.589 candidaturas.

Comentários