Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Série com resolução de questões em vídeo estreia na terça, dia 14

O próximo grande concurso federal, na área Judiciária, é o do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-RJ/ES), que abrange os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Caso a seleção seja encarada como projeto de vida, o ingresso no órgão poderá ser facilitado, na visão do especialista em concursos Ricardo Pietro, que atua nessa área há mais de 30 anos.

O próximo grande concurso federal, na área Judiciária, é o do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-RJ/ES), que abrange os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. Caso a seleção seja encarada como projeto de vida, o ingresso no órgão poderá ser facilitado, na visão do especialista em concursos Ricardo Pietro, que atua nessa área há mais de 30 anos. Ele acredita que é hora de os pré-candidatos aumentarem as cargas de estudo, priorizando o concurso. “Só assim, será possível alcançar a aprovação. Essa seleção é uma das mais concorridas e, consequentemente, exige muito do concorrente. Quem fizer dela um projeto de vida, ou seja, dedicar-se integralmente, de forma planejada e regrada, terá grandes chances de alcançar a sonhada vaga. Aproveite o tempo que o tribunal está dando para estudar”, assinalou.

Atenção! FIQUE LIGADO! Sempre ao lado dos concurseiros, a FOLHA DIRIGIDA Online lançará, especialmente para você que já se prepara para o concurso do TRF-RJ/ES, o Especial Resolução da prova TRF2 2012 em vídeo. A estreia acontecerá na próxima terça, 14 de junho, com a resolução das 15 questões de Português, com a professora Rachel Ribeiro. Confira logo abaixo as datas de veiculação dos vídeos das demais disciplinas, aqui na FOLHA DIRIGIDA Online:
15/06 - Matemática e Raciocínio Lógico - Marcão - 15 questões
16/06 - Direito Administrativo - Igor Daltro - 10 questões
17/06 - Direito Constitucional - Saulo Vianna - 10 questões
20/06 - Direito Processual Civil - Paulo Fernando - 10 questões
21/06 - Direito Processual Penal - Fabrízio Rubinstein - 10 questões

Questionado sobre a forma de preparação, Pietro afirmou que é hora de preocupar-se com a teoria, ou seja, em garantir-se nas matérias cobradas no último concurso, de 2011. “Os exercícios nessa hora são importantes, pois ajudam a fixar a matéria, mas a prioridade agora é criar uma base segura sobre os assuntos tradicionais”, destacou. Para o técnico administrativo, cargo de nível médio e que costuma ser o mais procurado, essas disciplinas foram Português, Matemática e Raciocínio Lógico e Conhecimentos Específicos, abrangendo Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Processual Civil e Direito Processual Penal.

O TRF-RJ/ES está na elaboração do termo de referência da seleção, que, nos próximos dias, será entregue às instituições que organizam concursos. Tão logo esse documento seja enviado, acredita-se que a organizadora da seleção será definida em poucas semanas. A previsão do órgão é de divulgação do edital a partir de julho, quando os prazos de validade do concurso atual terão expirado. Isso acontecerá em 29 deste mês (técnicos administrativo e de transporte) e 16 de julho (demais cargos). A seleção visará à formação de um cadastro de reserva, que será utilizado durante o prazo de validade da seleção (dois anos, prorrogável por igual período).
 
Além do técnico administrativo, haverá oportunidades para técnicos de segurança e transporte (nível médio e carteira de habilitação D ou E), telecomunicações e eletricidade (médio), contabilidade, enfermagem e informática (médio/técnico). Para analista, as áreas serão administrativa (qualquer graduação), judiciária (Direito) e apoio especializado (diversos cursos). As remunerações são de R$6.224 para técnico (passará para R$6.793 com o reajuste do PL 2.648) e de R$9.662 para analista (passará para R$10.595,14.
 
Contratações
A expectativa é de um bom número de contratações por meio do concurso, tendo em vista a tradição do órgão de muitas convocações. Em 2011, foram, até o último dia 24, 1.130 chamadas, sendo 1.031 no Rio (586 técnicos e 445 analistas) e 99 no Espírito Santo (68 técnicos e 31 analistas). Para técnico administrativo, foram 536 convocações (513 no Rio e 23 no Espírito Santo). O anúncio de que há restrições de concursos, em âmbito federal, para 2017, é limitado apenas ao Poder Executivo. Os poderes Judiciário e Lesgislativo, bem como estatais, não possuem qualquer impedimento para abrir seleções.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações