Folha Dirigida Entrar Assine

Concurso TRF1 registra mais de 36 mil faltosos. Recursos contra gabaritos até quinta, 30

O concurso TRF1 registrou 36.038 faltosos nas provas do último domingo, dia 26. O prazo para recurso está aberto. Saiba detalhes!

O prazo para recurso contra os gabaritos preliminares das provas objetivas e discursiva do concurso TRF1 já está aberto. Quem desejar entrar com alguma solicitação terá até as 18h desta quinta, 30, para reclamar. Também ja foi calculado o número de faltosos da prova. Somando todos os inscritos, foram computados mais de 36 mil ausentes.

Os gabaritos da prova prova objetiva e os padrões de resposta das provas discursiva foram divulgados por volta das 17h da última quarta-feira, 28. No entanto, os candidatos alegaram erros na publicação do documento com a resposta.
 
Segundo o Cebraspe, o sistema já foi normalizado, e todos os candidatos já podem conferir corretamente os gabaritos de cada cargo no site do organizador.
Tribunal Regional Federal da 1ª Região
Concurso TRF1 abre prazo de
recurso contra gabaritos
Foto: divulgação
 

Provas do concurso TRF1 tiveram mais de 36 mil faltosos

Após três dias da aplicação das provas do concurso, o Cebraspe computou o percentual de faltosos. Foram 36.038 mil concorrentes que abandoram a disputa por uma vaga no TRF1.
 
Pela manhã, dos 64.644 inscritos para analista, 14.848 não compareceram para realizar as provas objetiva e discursiva. Já a tarde, dos 109.453 concorrentes para cargos de técnico, 21.190 faltaram.

Recursos estão disponíveis no site do Cebraspe

Para entrar com recurso é necessário entrar no site do Cebraspe, clicar no link referente a opção desejada no canto direito superior da página, fazer login como candidato e formular a solicitação.
 
O edital do concurso do TRF1 pede que, para cada recurso, o concorrente busque clareza e objetividade. Caso contrário, são as grande as chances de serem indeferidas.

Qual será o seu próximo tribunal: STM ou TRT-RJ?

As provas do concurso TRF1 já aconteceram, mas o estudos dos concurseiros não param. Quem é concurseiro de verdade continua estudando mesmo tendo a certeza de ter ido bem na prova, e ainda sem ter edital publicado.
 
O grupo de concurseiros que estão focados na área de tribunais têm duas boas opções de órgãos com preparativos bem avançados. Esse é o caso do concurso STM e do concurso TRT-RJ, ambos para a ára de apoio.
 
 
 
 

Comentários