Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Prefeitura de Tremembé-SP anula concurso e inicia devolução das taxas

Prefeitura de Tremembé-SP anula concurso e inicia devolução das taxas

Após candidatos denunciarem irregularidades, a Prefeitura de Tremembé-SP anulou o concurso e inicia devolução das taxas.

O concurso da Prefeitura de Tremembé-SP para contratar temporários não teve o final desejado. A seleção foi anulada, após um período suspensa, e agora os candidatos já podem receber de volta o valor pago pela taxa de inscrição.

Todos os comunicados e esclarecimentos foram divulgados pela Prefeitura no site da banca organizadora, o Instituto Excelência. A seleção foi suspensa após denúncia de candidatos que alegaram irregularidades.

Entre as irregularidades apontadas pelos candidatos estavam erros na formulação das perguntas da prova, a mudança de respostas sem critérios previamente estabelecidose a falta de publicidade adequada.

A seleção foi suspensa no início de fevereiro e cancelada em março. Agora, o cronograma para devolução das taxas já foi divulgado e os candidatos devem ficar atentos para que recebam o valor pago.

  • Candidatos com nomes de A a C - de 8 a 10 de abril
  • Candidatos com nomes de D a H - de 11, 15 e 16 de abril
  • Candidatos com nomes de I a L - dias 17, 18 e 22 de abril
  • Candidatos com nomes de M a Q - de 23 a 25 de abril
  • Candidatos com nomes de R a Z - dias 26, 29 e 30 de abril

Os valores das taxas custavam de R$ 30 a R$ 50, de acordo com o cargo pretendido pelo candidato.

Tremembé cancela seleção para temporários (Foto: Divulgação)
Tremembé-SP suspende seleção para temporários na educação
(Foto: Divulgação)

Tremembé-SP oferecia 141 vagas na educação

O processo seletivo para contratação de temporários na Prefeitura de Tremembé, em São Paulo, oferecia 141 vagas para a Educação em cargos dos níveis fundamental, médio e superior com vencimentos de até R$3 mil.

Para nível fundamental, as chances eram os cargos de inspetor de alunos, auxiliar de desenho infantil e merendeira. Já quem tem nível médio, pôde concorrer a secretário de escola e oficial de escola. Para superior, intérprete de Libras e professor e educação básica I e II.

As especialidades do cargo de professor eram Língua Portuguesa (cinco), Matemática (cinco), Ciências (três), Geografia (uma), Educação Física (cinco), História (duas), Artes (duas) e Inglês (três).

Foram registrados mais de 6 mil inscritos, que realizaram provas em janeiro, com 25 questões distribuídas por meio de diversas disciplinas. 

CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE



Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações