Concurso TRE-PA: confira todos os detalhes da última seleção

FOLHA DIRIGIDA separou os últimos detalhes do concurso para o Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA). Confira!

Enquanto o edital do próximo concurso TRE-PA não é publicado, os candidatos podem usar o documento da seleção anterior como base para os estudos. FOLHA DIRIGIDA separou todos os detalhes do último concurso do Tribunal Regional do Pará, confira!

O último concurso TRE-PA foi realizado em 2013 e ofertou oito vagas imediatas. Essas foram distribuídas entre as funções de técnicos, cuja exigência é o nível médio; e de analistas, que tem como requisito o nível superior.

Para técnicos, foram oferecidas quatro vagas para técnico judiciário sem especialidade e uma para a especialidade de Programação de Sistemas. Além dessas, havia chances para técnico em Operação de Computadores, apenas para cadastro de reservas. 

Já as vagas de analistas foram distribuídas para analistas da área judiciária sem especialidade (uma); e para as áreas de Engenharia Elétrica (uma) e Taquigrafia (uma). Foram ofertadas vagas em cadastro de reserva para analistas da área administrativa sem especialidade, Análise de Sistemas e Medicina.

CARGO DO ÚLTIMO CONCURSO TRE-PA REQUISITOS REMUNERAÇÃO ATUAL
Técnico administrativo Nivel médio R$8.501,45
Técnico de Operação de Computadores Nível médio/técnico na área R$8.501,45
Técnico de Programação de Sistemas Nível médio/técnico na área R$8.501,45
Analista Administrativo Nível superior em qualquer área R$13.365,38
Analista Judiciário Nível superior em Direito R$13.365,38
Analista em Engenharia Elétrica Nível superior em Direito R$13.365.38
Analista em Análise de Sistemas Nível superior na área R$13.365.38
Análista em Medicina Nível superior na área R$13.365.38
Analista em Taquigrafia Nível superior na área R$13.365.38

 

O concurso foi constituído por três fases de seleção. A primeira delas foram as provas objetivas, aplicadas a todos os candidatos. A avaliação tinha caráter eliminatório e classificatório.

O exame foi composto por 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos. A prova de Conhecimentos Gerais abordou conteúdos de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais e Regimento Interno do TRE-PA.

enlightened Acesse conteúdos exclusivos e materiais de preparação para concursos

Veja quais conteúdos foram cobrados na prova específica

Já o conteúdo da prova de Conhecimentos Específicos variava de acordo com cada cargo. Veja:

⇒ Analista judiciário, área judiciária sem especialidade: Direito Constitucional; Direito Eleitoral; Direito Administrativo; Direito Civil; Direito Processual Civil; Direito Penal; Direito Processual Penal; noções de Administração Pública; 

⇒ Analista judiciário, área administrativa sem especialidade: Direito Constitucional; Direito Eleitoral; Direito Administrativo; Administração Pública; Gestão de Pessoas nas Organizações; Administração Financeira e Orçamentária; Administração de Recursos Materiais; 

⇒ Analista judiciário, especialidade em Engenharia Elétrica: Circuitos Elétricos; Análise de Sistemas Elétricos; Instalações Elétricas Industriais e Prediais; Proteção contra Descargas Atmosféricas; Distribuição de Energia Elétrica; Sistemas de Telecomunicação; Desenho Assistido por Computador (CAD); Projeto, Programação, Controle e Acompanhamento de Obras; Segurança do Trabalho; Higiene do Trabalho; noções de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Administração Pública; 

⇒ Analista judiciário, especialidade em Taquigrafia: Língua Portuguesa; Português Jurídico; noções de Direito Constitucional, de Direito Eleitoral, de Direito Administrativo e de Administração Pública. 

⇒ Analista judiciário, especialidade em Análise de Sistemas: Infraestrutura e Conectividade; Desenvolvimento de Sistemas; Banco de Dados; Segurança da Informação; Gestão e Governança de TI; noções de Direito Constitucional, de Direito Administrativo, de Administração Pública; Inglês Técnico; 

⇒ Analista judiciário, especialidade em Medicina: Legislação da Área de Saúde; Clínica Médica; Medicina do Trabalho; noções de Direito Constitucional, de Direito Administrativo e de Administração Pública; 

⇒ Técnico Judiciário, área administrativa sem especialidade: Noções de Direito Constitucional, de Direito Eleitoral, de Direito Administrativo, de Administração Pública, de Administração Financeira e Orçamentária, de Gestão de Pessoas nas Organizações e de Administração de Recursos Materiais; 

⇒ Técnico judiciário, especialidade em Operação de  Computadores: Noções de Infraestrutura de TI, de Apoio ao Usuário, de Servidores e Serviços de Redes, de Gestão de TI, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo, de Administração Pública; Inglês técnico; 

⇒ Técnico Judiciário, especialidade em Programação de Sistemas: Programação de Sistemas de Informação; noções de Administração de Servidores de Aplicação, de Arquitetura e Administração de Banco de Dados, de Gestão e Governança de TI, de Segurança da Informação, de Engenharia de Software e Processos de Desenvolvimento de Sistemas, de Direito Constitucional, de Direito Administrativo, de Administração Pública; Inglês técnico;

A prova discursiva, para os cargos de analistas, foi aplicada no mesmo dia da prova objetiva. O intuito era avaliar os conhecimentos específicos do candidato e sua capacidade de expressão na modalidade escrita. 

Para isso os candidatos deveriam desenvolver um texto dissertativo e/ou descritivo, entre 20 e 40 linhas. Foi avaliada a adequação ao tema, argumentação, coerência e elaboração crítica do candidato. Para os taquígrafos, ainda foi aplicada uma prova prática.

Prepare-se desde já para o concurso TRE-PA

Botão com link para curso de preparação

Concurso TRE-PA têm áreas confirmadas

O presidente da comissão do concurso TRE-PA, Rodrigo Augusto Valdez, afirmou que dois cargos já estão confirmados para a próxima seleção. São as funções de analista judiciário (área judiciária) e técnico judiciário (área administrativa), que exigem o níveil superior em Direito e o nível médio, respectivamente.

O presidente da comissão ainda afirmou que vem recebendo dúvidas sobre a possibilidade de vagas para engenheiros e médicos. Segundo ele, o quadro de servidores para as funções já foi preenchido pelo concurso anterior. No entanto, a comissão analisa quais outras áreas poderão oferecer chances. O grupo também já trabalha na elaboração do projeto básico do concurso.

Uma portaria publicada pelo TSE, no dia 8 de agosto, ampliou o número de cargos vagos que poderão ser preenchidos por concurso pelos Tribunais Regionais Eleitorais em todo o país. Para o TRE-PA foram autorizadas quatro vagas para provimento.

Dessas, duas serão para analistas e outras duas para técnicos. Apesar disso, espera-se que o edital traga uma oferta de vagas um pouco maior. No Portal de Transparência do órgão, por exemplo, constam 13 cargos vagos, sendo sete são para técnicos e seis para analistas.

• Concurso TRE-PA: comissão confirma áreas e já elabora projeto básico

TRE-PA
Comissão organizadora do concurso já trabalha na elaboração do projeto básico
(Foto: Divulgação)

Veja qual é a expectativa de vagas para o concurso TRE-PA

Além das vagas para técnico judiciário (área administrativa) e analista judiciário (área judiciária), que já estão confirmadas, são esperadas oportunidades em outras áreas. No caso dos técnicos, a expectativa é para a área de Segurança e Transporte, que tem como requisito o nível médio e carteira de habilitação nas categorias D ou E.

Além das chances para analistas na área Administrativa, que podem ser disputadas por graduados em qualquer área. E para o cargo de analista — Oficial de Justiça, que exige a formação em Direito.

Os técnicos do TRE-PA recebem uma remuneração de R$8.501,45, em início de carreira. Para a área de Segurança e Transporte o valor é um pouco maior, de R$9.608,52. Para analista, a remuneração é de R$13.365,38. Oficiais de justiça recebem um valor de R$15.181,77.

As remunerações já contam com o auxílio-alimentação e as gratificações de Atividade Judiciária (GAJ) e de Atividade Externa (GAE) — esta no caso das áreas de Segurança e Transporte e oficial de justiça. Os servidores ainda têm direito a outros benefícios, como assistência pré-escolar por dependente de até cinco anos, no valor de R$712,62. 

Como estudar para concurso? Confira 3 dicas!