Concurso TJ-SC: saiba tudo sobre as carreiras do próximo edital

Novo concurso do TJ-SC terá vagas nos níveis médio e superior com iniciais de até R$6 mil. Banca já foi escolhida.

O novo concurso TJ-SC, anunciado pelo órgão no último dia 10 de setembro, vai contemplar os níveis médio e superior de escolaridade. Conforme adiantado, as oportunidades são para carreiras do quadro de apoio do tribunal. 

Além das vagas imediatas, será formado cadastro de reserva. Desta forma, mais pessoas poderão ser convocadas durante o prazo de validade da seleção, conforme surgirem novas vacâncias. 

Os cargos são: analista administrativo (CR), analista de sistemas (uma vaga), assistente social (CR), médico (uma) e psicólogo (CR), no nível superior; além de técnico judiciário auxiliar (CR), no nível médio.

Vale a pena fazer concurso para cadastro de reserva?

Para auxiliar os futuros candidatos na escolha da vaga, FOLHA DIRIGIDA conta todos os detalhes sobre cada cargo. A seguir, é possível conferir os requisitos para concorrer, os salários, benefícios, unidades de lotação e atribuições.

Acesse material de estudos para o concurso TJ-SC 2019:

Provas para Download
Banco de Editais

♦ Analista administrativo (cadastro de reserva)

Lotação: Secretaria do Tribunal de Justiça;
Pré-requisito: diploma de curso superior em Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas ou Direito;
Remuneração: vencimento de R$6.639,06 e auxílio-alimentação de R$1.160, totalizando R$7.799,06;
Jornada de trabalho: sete horas diárias ininterruptas e 35 horas semanais.

As atribuições dos analistas administrativos do TJ-SC incluem atividades de suporte administrativo aos órgãos do Tribunal de Justiça e da Justiça de Primeiro Grau. Eles também executam tarefas com grau de complexidade mais elevado, relativas às áreas da Administração, Economia, Contabilidade e Direito.

♦ Analista de sistemas (uma vaga)

Lotação: Secretaria do Tribunal de Justiça;
Pré-requisito: diploma de curso superior em Ciências da Computação, Engenharia da Computação ou Sistemas de Informação;
Remuneração: vencimento de R$6.639,06 e auxílio-alimentação de R$1.160, totalizando R$7.799,06;
Jornada de trabalho: sete horas diárias ininterruptas e 35 horas semanais.

Esses profissionais realizam atividades com o objetivo de otimizar a área de Processamento de Dados. Atuam coordenando a implantação, propondo alterações e realizando as manutenções necessárias. 

♦ Assistente social (cadastro de reserva)

Lotação: Regiões I a IX do TJ-SC; 
Pré-requisito: diploma de curso superior de Assistente Social, com o registro no respectivo órgão fiscalizador do exercício profissional;
Remuneração: vencimento de R$6.639,06 e auxílio-alimentação de R$1.160, totalizando R$7.799,06;
Jornada de trabalho: sete horas diárias ininterruptas e 35 horas semanais.

Os assistentes sociais trabalham com auxílio, orientação, coordenação, mobilização, articulação, planejamento, cooperação, estudo social, perícia social, mediação familiar e outras atividades sócio-jurídicas pertinentes à profissão, com os servidores do Judiciário e os usuários da Justiça.

♦ Médico (uma vaga)

Lotação: Secretaria do Tribunal de Justiça;
Pré-requisito: diploma de curso Superior em Medicina, com registro no respectivo órgão fiscalizador do exercício profissional;
Remuneração: vencimento de R$6.639,06 e auxílio-alimentação de R$1.160, totalizando R$7.799,06;
Jornada de trabalho: 20 horas semanais.

Os médicos do TJ-SC realizam atividades relacionadas com atendimento, avaliação e promoção da saúde. Isso pode incluir serviços clínicos ambulatoriais, pequenas cirurgias, identificar e avaliar condições de trabalho por meio de estudos de higiene etc.

♦ Psicólogo (cadastro de reserva)

Lotação: Regiões I a IX do TJ-SC;
Pré-requisito: diploma de curso superior em Psicologia, com registro no respectivo órgão fiscalizador do exercício profissional;
Remuneração: vencimento de R$6.639,06 e auxílio-alimentação de R$1.160, totalizando R$7.799,06;
Jornada de trabalho: sete horas diárias ininterruptas e 35 horas semanais.

As atribuições do cargo estão relacionadas às áreas da Psicologia Organizacional e da Psicologia Clínica. Incluem o desenvolvimento de ações relacionadas ao tratamento psicológico em consultório e ambulatório; avaliações do estado psicológico de servidores e magistrados; avaliação psicológica de candidatos de concursos do Poder Judiciário, entre outras atividades.

♦ Técnico judiciário auxiliar (cadastro de reserva)

Lotação: Regiões I, II e VIII do TJ-SC;
Pré-requisito: diploma de ensino médio, expedido por Instituição reconhecida pelo Ministério da Educação;
Remuneração: vencimento de R$3.856,79 e auxílio-alimentação de R$1.160, totalizando R$5.016,79;
Jornada de trabalho: sete horas diárias ininterruptas e 35 horas semanais.

Os técnicos realizam tarefas de organização, execução e controle de serviços técnicos-administrativos. Podem atuar como conciliadores ou mediadores, por designação da autoridade judiciária a que estiver subordinado.

A descrição completa das atribuições de todas categorias podem ser consultadas no site do Tribunal.

Além do auxílio-alimentação, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina oferece outros benefícios a seus servidores, como o vale-transporte e o auxílio-creche, cujo valor corresponde a R$500, segundo dados de 2018. 

Este segundo é destinado aos dependentes com idade entre quatro meses e seis anos. Outros benefícios que podem ser somados à remuneração dos servidores são auxílio-funeral, auxílio-saúde, bolsa de estudos, convênios com instituição de ensino, inclusão de dependentes e empréstimo consignado.

Concurso TJ-SC 2018: confira a lista de até nove benefícios do órgão

(Foto: Divulgação)
TJ-SC pode publicar novo edital de concurso nas próximas semanas
(Foto: Divulgação)

Banca do concurso TJ-SC será a FCC

Conforme publicação no Diário da Justiça Eletrônico, a Fundação Carlos Chagas (FCC) é a empresa organizadora responsável pelo concurso do TJ-SC. Com a banca definida, a expectativa é que o edital seja divulgados nas próximas semanas. 

Até o fechamento desta matéria o Tribunal não divulgou previsão oficial para abrir a seleção. Os próximo passo deverá ser a formalização do contrato com a FCC e a definição dos últimos detalhes do edital, como o cronograma de execução. 

TJ-SC anuncia novo concurso para servidores. Banca escolhida!

No último concurso do TJ-SC, homologado em 2018 sob organização da FGV, os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas. Houve aplicação nas cidades de Florianópolis, Criciúma, Lages, Joinville, Blumenau, Itajaí, Canoinhas, Chapecó e Joaçaba. 

O exame era composto por 70 questões abrangendo as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Direito e Conhecimentos Específicos. Para ser aprovado era preciso computar 35 acertos no total da prova, 20 na parte específica, além de não zerar nenhuma disciplina.

Comentários