Tribunal dá posse a mais 326 técnicos e analistas

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, informou que às 11h desta quarta-feira, dia 5, tomarão posse 326 aprovados do concurso para técnico e analista judiciários, realizado em 2014. 

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), desembargador Luiz Fernando Ribeiro de Carvalho, informou que às 11h desta quarta-feira, dia 5, tomarão posse 326 aprovados do concurso para técnico e analista judiciários, realizado em 2014. Desses, 186 são para o cargo de técnico, de nível médio e com remuneração de R$4.343,13. Os demais 140 são analistas nas especialidades de execução de mandados (58 empossados), comissário da justiça (26), psicólogo (17) e assistente social (39). O requisito é o curso superior e o rendimento é de R$7.198,68, exceto para execução de mandados, que tem remuneração de R$9.110,79.
 
O presidente destacou que o TJ-RJ manterá a política de concursos periódicos nos próximos anos, acrescentando que, logo após expirar o prazo de validade do concurso atual, uma nova seleção para a área de apoio deverá ser aberta. "Primeiro, vamos esgotar a chamada dos aprovados desse concurso vigente, porque não adianta fazer concurso e não poder chamar, pois temos limites orçamentários. Precisamos estar atentos à Lei de Responsabilidade Fiscal para não ultrapassarmos os limites previstos. Agora, a intenção é cada vez mais dotar o Tribunal de Justiça de servidores aptos a exercerem as suas atribuições. Evidentemente, que a ideia é termos concursos periódicos."
 
Magistratura - O desembargador aproveitou para divulgar o próximo concurso do TJ-RJ, para cerca de 120 vagas de juiz substituto, cuja comissão foi instalada na última segunda, 3. Segundo ele, o edital está previsto para setembro, e as provas para o fim do ano. Luiz Fernando recomendou o estudo dos interessados, e disse que a nomeação deverá ocorrer ao longo do ano de 2016. "Tem gente que está estudando há bastante tempo, e quem têm interesse em iniciar a preparação deve recuperar o tempo perdido."
 
A função de juiz substituto exige bacharelado em Direito há, no mínimo, três anos, idade de até 65 anos e três anos de atividade jurídica até a data da inscrição definitiva. A remuneração inicial, conforme consta no site do TJ-RJ, é de R$26.125,17, e o regime é o estatutário, com estabilidade.