TJ-PA aumenta oferta de vagas do concurso para juiz substituto - Folha Dirigida
Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

TJ-PA aumenta oferta de vagas do concurso para juiz substituto

TJ-PA aumenta oferta de vagas do concurso para juiz substituto

O Tribunal de Justiça do Pará aumentou para 50 o número de vagas do próximo concurso para juiz substituto, que tem comissão formada.

Com comissão organizadora já formada, o Tribunal de Justiça do Pará aumentou a oferta do concurso TJ-PA para juiz substituto. A seleção contará com 50 vagas para a carreira. A informação foi confirmada pela Assessoria.

Além disso, a mudança na resolução que autoriza o concurso também já foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta quinta-feira, 16, com o novo texto prevendo 50 vagas - e não 20 como na primeira publicação.

Em nota oficial, o TJ-PA informou que a decisão foi tomada pelo Pleno do tribunal, em sessão realizada na última quarta-feira, 15.

A reportagem da FOLHA DIRIGIDA entrou em contado com o Departamento de Comunicação do Tribunal de Justiça do Pará, que não soube informar uma data prevista para a publicação do edital. "O preenchimento dos cargos deverá observar a disponibilidade orçamentária e financeira do TJPA", disse em nota.

TJ-PA aprova aumento da vagas de concurso para juiz (Foto: Divulgação)
TJ-PA aprova aumento da vagas de concurso para juiz
(Foto: Divulgação)

Comissão do concurso foi formada ainda em 2018

A comissão organizadora do concurso do TJ-PA foi formada em novembro de 2018. O grupo será responsável pelos principais trâmites do concurso, como escolher a banca organizadora que receberá as inscrições e acompanhá-lo até a sua homologação.

+ TJ-PA forma comissão para novo concurso com vagas de juiz substituto

O grupo é formado pelos desembargadores Rosileide Maria Cunha, José Roberto maia Bezerra Júnior e Rosi Maria de Farias, escolhidos pelo Pleno do tribunal. Além disso, conta com o desembargador Leonardo de Noronha Tavares, presidente do TJPA, como representante desse comitê.

O concurso foi anunciado em julho de 2018, após a proposta ter sido aprovada durante Sessão do Pleno, no dia 25 de abril.

Para concorrer ao cargo de juiz, é preciso ter diploma de bacharel em Direito, além de três anos de experiência de atividade jurídica, devendo ter sido exercida após a obtenção da formação. A remuneração inicial da carreira é de R$26.125,17, podendo chegar a R$30 mil no decorrer da progressão.

⇒ E-book: 10 dicas para passar em concursos públicos

Último concurso foi realizado em 2014

Quem deseja ser aprovado deve se antecipar e não começar a estudar apenas após a publicação do edital. Uma boa forma de começar é tirar como base o edital anterior, que foi publicado em 2014, quando foram oferecidas 60 vagas mais cadastro de reserva para a mesma carreira.

O TJ informou que foram cerca de 2,9 mil candidatos inscritos e, desse total, 94 conseguiram aprovação, sendo todos convocados pelo Judiciário. De acordo com o próprio órgão, o cadastro de reserva foi utilizado. A seleção foi homologada em 2015.

Prepare-se para concursos públicos
Confira dicas de estudo para concursos

O último concurso foi organizado pela Fundação Vunesp, banca organizadora. A previsão é para que o próximo mantenha a mesma estrutura, desa forma, os candidatos deverão ser avaliados por meio de cinco etapas.

A primeira fase contou com uma prova objetiva que foi distribuída com 100 questões e teve caráter eliminatório e classificatório. A segunda etapa de seleção deverá ser novamente composta por duas provas escritas discursivas, sendo a primeira composta por quatro questões discursivas e a segunda com duas provas práticas de sentença.

+ Como manter a concentração nos estudos para concursos?

A próxima fase de seleção é composta pelos seguintes exames:

⇒ Inscrição Definitiva e Sindicância da Vida Pregressa e Investigação Social;
⇒ Exame de sanidade física e mental;
 Exame psicotécnico 




Comentários