Concurso TJ-PA: retificação do cronograma pode sair até quinta, 24

Após adiar a abertura do prazo de inscrição, TJ-PA encaminha retificação do edital para o Cebraspe novo cronograma pode sair em breve.

Uma retificação do edital do concurso TJ-PA poderá ser publicada nos próximos dias. Após o adiamento da abertura das inscrições, o órgão encaminhou para o Cebraspe, organizador, um documento com mudanças que podem incluir o cronograma e outros tópicos da seleção. 

A Coordenadoria de Imprensa do Tribunal de Justiça do Pará confirmou à reportagem da FOLHA DIRIGIDA na tarde desta quarta-feira, 23, que a retificação poderá ser publicada já na quinta-feira. Contudo, isso agora está a encargo da banca organizadora. 

O órgão não quis confirmar quais serão as mudanças no concurso, além do novo prazo para inscrição. Circula na internet uma lista de cargos que seriam excluídos do edital, mas a assessoria disse que não se trata de informação oficial.

A foto de um documento que, supostamente, é do TJ-PA, informa que não será mais formado cadastro de reserva para analistas nas especialidades Biblioteconomia, Comunicação Social, Economia, Enfermagem, Enfermagem do Trabalho, Engenharia Civil e Engenharia do Trabalho, além de cargos de nível médio. 

Em nota publicada em seu site, o Tribunal informa que a retificação inclui ajustes técnicos e administrativos, inclusive em relação às disponibilidades orçamentárias e financeiras do órgão

Também especula-se que a data da prova objetiva, marcada para o dia 19 de dezembro, possa ser alterada em virtude do adiamento das inscrições. O Tribunal, contudo, também não quis confirmar esta informação. 

Concurso tem 201 vagas nos níveis médio e superior

O concurso TJ-PA oferece 201 vagas distribuídas entre as carreiras de auxiliar judiciário, analista judiciário e oficial de justiça. A primeira exige o nível médio, podendo requer também curso técnico, dependendo da especialidade, e as outras duas são de nível superior. Também é prevista a formação de cadastro de reserva. 

No nível médio são 51 vagas de auxiliar judiciário sem especialidade. Já o cadastro de reserva é para as especialidades: auxiliar de consultório dentário, programador de computador, técnico de enfermagem e técnico em segurança do trabalho. Algumas exigem curso técnico. Todos possuem vencimento inicial de R$3.207,90 para trabalhar 30 horas por semana

(Foto: Sinjep-PA)
TJ-PA tem 201 vagas nos níveis médio e superior
(Foto: Sinjep-PA)

No nível superior o edital prevê formação de cadastro para oficial de justiça avaliador, que exige graduação em Direito, além de 150 vagas imediatas de analista judiciário nas seguintes especialidades: 

► Área Administrativa (uma vaga), Administração (CR), Análise de Sistema - Desenvolvimento (CR), Análise de Sistema - Suporte (CR), Arquitetura (CR), Biblioteconomia (CR), Ciências Contábeis (CR), Comunicação Social (CR), Direito (142 + CR), Economia (CR), Enfermagem (CR), Enfermagem do Trabalho, Engenharia Civil (CR), Engenharia do Trabalho (CR), Engenharia Elétrica (uma + CR), Estatística (CR), Fiscal de Arrecadação (CR), Medicina (CR), Medicina do Trabalho (CR), Medicina Psiquiátrica (CR), Odontologia (CR), Pedagogia (oito + CR), Psicologia (três + CR) e Serviço Social (uma + CR).

Ambas as carreiras de nível superior possuem inicial básico de R$4.066,70. No caso de analistas, ainda há uma gratificação de R$3.253,36, elevando os ganhos a R$7.320,06.

Já os oficiais, além do vencimento, recebem R$3.253,36 de gratificação de nível superior, R$2.846,69 de gratificação risco de vida e R$1.553 de gratificação por atividade externa. De modo que o inicial chega a R$11.719, 75.

Os servidores do TJ-PA ainda podem receber outros benefícios, como: auxílio-alimentação, assistência pré-escolar, auxílio-transporte, assistência médica e odontológica, e exames periódicos.

Os selecionados serão lotados em 16 Regiões Judiciárias do Estado e contratados pelo regime estatutário, que assegura estabilidade. A validade do concurso será de dois anos, podendo ser prorrogada uma vez por mais dois.

Candidatos do concurso farão até três etapas de avaliação

A primeira etapa de avaliação do concurso TJ-PA compreenderá os exames escritos: provas objetiva para todos os cargos e discursiva apenas para os de nível superior. A aplicação, em princípio, está prevista para o dia 19 de janeiro de 2020, no turno da manhã para oficial e analista, e à tarde para auxiliar judiciario.

Os candidatos de nível superior terão até cinco horas para responder às duas provas. A objetiva consistirá em 70 questões, sendo 30 de Conhecimentos Gerais e 40 de Conhecimentos Específicos. Já a discursiva será uma redação dissertativa sobre tema da atualidade. A prova objetiva do nível médio, com duração máxima de três horas, será composta por 50 questões, 20 de Conhecimentos Gerais e 30 de Conhecimentos Específicos. 

A parte de Conhecimentos Gerais das provas vai abranger: 

  • Língua Portuguesa
  • Ética no Serviço Público
  • Administração Pública e Poder Judiciário
  • Legislação
  • Políticas de Saúde (apenas para cargos da área)
  • Matemática/ Raciocínio Lógico (apenas para cargos de Exatas)

Já a parte de específica varia de acordo com o cargo e a especialidade concorrida.

♦ Provas anteriores para download ♦

A última etapa do concurso consistirá na análise de títulos, destinada somente aos candidatos em cargos de nível superior. Os documentos deverão ser entregues no prazo e no horário estipulados em edital específico de convocação. 

Comentários