Concurso TJ-PA: prédio ameaça desabar e candidatos deixam prova

Candidatos deixam unidade em Belém, com provas e cartão-resposta, após suspeita de prédio desabar. Corpo de Bombeiros foi chamado.

As provas do concurso TJ-PA para juiz substituto devem ser anuladas. Isso porque, neste domingo, 27, durante a aplicação das avaliações na unidade do Colégio Unamea, em Belém, no Pará, candidatos deixaram o local relatando que a estrutura do prédio teria estalado, ameaçando desabar.

Pouco antes do término das provas, por volta das 12h, candidatos começaram a deixar o local às pressas. Fiscais teriam abandonado as salas e concorrentes saíram levando as provas e o cartão-resposta. Minutos depois, o Corpo de Bombeiros chegou ao local.

A corporação foi chamada para averiguar a suspeita de risco de desabamento, mas chegando ao local constatou que uma mangueira se desconectou do ar-condicionado, causando um estrondo, assustando os candidatos que deixaram o local.

De acordo com o Cebraspe, 3.316 candidatos foram convocados para as provas deste domingo, 27. Os exames ocorreram em quatro locais: Ideal, Paes de Carvalho, Jarbas Passarinho e Unamea. FOLHA DIRIGIDA tentou contato com o TJ-PA, mas até a publicação desta matéria não teve retorno.

Confira o comunicado do Cebraspe sobre as provas de domingo, 27

TJ-PA realiza concurso para juiz substituto (Foto: Sinjep)
Candidatos deixam local de prova do concurso TJ-PA
após ameaça de prédio desabar (Foto: Sinjep)

 

Ao todo, as provas do concurso TJ-PA tinham 100 questões, com peso um, distribuídas por três blocos de disciplinas:

Bloco I (30 questões): Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito do Consumidor e Direito da Criança e do Adolescente.
Bloco II (40 questões):  Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Eleitoral.
Bloco III (30 questões): Direito Empresarial, Direito Tributário, Direito Ambiental e Direito Administrativo.

O exame será avaliado na escala de zero a dez pontos, de modo que cada questão correta vai computar 0,10 ponto. Para ser considerado habilitado é preciso ter alcançado no mínimo 30% de acertos em cada bloco, e, no mínimo, 60% de acertos no total referente aos três blocos.

Serão classificados para a segunda etapa os 300 candidatos que obtiverem as maiores notas, após o julgamento dos recursos contra os gabaritos oficiais preliminares, respeitados os empates na última posição.

Confira as próximas etapas do concurso

♦ 2ª etapa – Provas discursiva e prática de sentença cível e criminal;
♦ 3ª etapa – inscrição definitiva, sindicância da vida pregressa e investigação social; exame de sanidade física e mental; e exame psicotécnico;
♦ 4ª etapa – prova oral; 
♦ 5ª etapa – avaliação de títulos.

♦ Descomplique a sua preparação para concursos de Tribunais! ♦

Até o momento, os exames da segunda etapa estão previstos para os dias 20, 21 e 22 de dezembro. As avaliações seguintes terão datas e horários divulgados pela banca oportunamente. O concurso TJ-PA ficará válido por dois anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Concurso TJ-PA oferece 50 vagas

Ao todo, o concurso TJ-PA oferece 50 vagas para o cargo de juiz de direito substituto do Tribunal de Justiça do Pará. Para ingressar na carreira é preciso ter diploma de bacharel em Direito e três anos de experiência em atividade jurídica, exercida após a formação.

De acordo com o edital, o subsídio dos juízes é de R$30.404,42. A seleção tem como banca organizadora o Cebraspe. Até o momento, os gabaritos das provas deste domingo, 27, seguem previstas para o dia 30 de outubro.

O último concurso para provimento de cargos de juiz no Judiciário paraense foi iniciado em 2014 e concluído em 2015, quando foi homologado. Na época, foram oferecidas 60 vagas mais cadastro de reserva, atraindo cerca de 2,9 mil candidatos. Ao todo, 94 pessoas foram aprovadas, sendo todos convocados pelo TJ-PA.

Comentários