Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Saiu concurso para escrevente. Nível médio. R$2.224

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) abriu concurso para escrevente judiciário III da comarca de Goiânia. São oferecidas 44 vagas, das quais 5% são reservadas para portadores de deficiências compatíveis com o cargo, e para concorrer é preciso ter o nível médio. O salário inicial é de R$2.224,98, para carga horária de 40 horas semanais.

O Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) abriu concurso para escrevente judiciário III da comarca de Goiânia. São oferecidas 44 vagas, das quais 5% são reservadas para portadores de deficiências compatíveis com o cargo, e para concorrer é preciso ter o nível médio. O salário inicial é de R$2.224,98, para carga horária de 40 horas semanais.

As inscrições estarão abertas a partir desta quinta-feira, dia 3, e seguem até o dia 24 deste mês. Os interessados deverão se inscrever pela internet, no site do Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás (CS/UFG).

A taxa é de R$57,98 e pode ser paga em qualquer agência bancária até o dia 25 de maio. Entre os dias 25 e 31, o candidato poderá conferir se os seus dados pessoais, informados no ato da inscrição, estão corretos, e caso haja alguma correção, fazê-la nesse período.

Somente os candidatos desempregados e membros de família com renda de até três salários mínimos poderão solicitar a isenção da taxa, entre os dias 3 e 10 de maio, no site da organizadora. O resultado das isenções será publicado no dia 18 do mesmo mês.

Os inscritos poderão acessar o cartão de inscrição a partir do dia 6 de junho. O concurso será realizado através de exames objetivos e discursivos, previstos para o dia 10 de junho, com cinco horas de duração. O concurso tem validade de um ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.

Objetiva e discursiva em 10 de junho


Os candidatos do concurso para escrevente do TJ-GO serão avaliados através de uma etapa de prova objetiva e uma de prova discursiva. As objetivas serão compostas por 60 questões sobre Língua Portuguesa (8 questões), Organização do Poder Judiciário no Brasil e em Goiás (8), Noções de Direito Constitucional e Administrativo (8), Realidade Étnica, Social, Histórica, Geográfica, Cultural, Política e Econômica do Brasil (8), Informática Básica (8) e Conhecimento Específico do Cargo (20).

Esse exame valerá dez pontos, sendo eliminado o candidato que obtiver nota menor que cinco. A prova discursiva versará sobre a elaboração de um documento de prática forense, de acordo com o conteúdo programático de Conhecimentos Específicos do Cargo. Seu valor também será de dez pontos, sendo eliminado o candidato que não obtiver 50% de acerto.

Os exames serão realizados no dia 10 de junho, com locais e horários a serem divulgados pelo Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás(CS/UFG), organizadora, a partir de 6 de junho.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações