Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso TJ-CE: publicado edital com 328 vagas para técnicos

Concurso TJ-CE: publicado edital com 328 vagas para técnicos

O Tribunal de Justiça do Ceará publicou o edital do concurso que oferta 328 vagas para técnicos, com níveis médio e superior.

Saiu o edital do concurso para técnicos do TJ-CE. A publicação foi feita no Diário Eletrônico do próprio Tribunal de Justiça do Ceará, na noite desta terça-feira, 9. Do total de 328 vagas, oito serão imediatas e outras 320 para formação de cadastro de reserva.

Ao todo, 287 vagas serão destinadas ao cargo de técnico judiciário (área judiciária), que exige o nível médio completo. Serão sete vagas imediatas e 280 para cadastro. A remuneração inicial para técnicos do TJ-CE é de R$5.077,45.

baixe o edital

As outras 41 oportunidades serão distribuídas por funções da área técnico-administrativa. Para concorrer a esses cargos, também é exigido, apenas, o ensino médio completo. Nesse caso, será um vaga imediata e o restante para cadastro.

Os aprovados nas vagas para cadastro de reserva poderão ser convocado ao longo do prazo de validade da seleção. O concurso terá validade de dois anos, contados a partir da data de homologação do resultado final. O período poderá ser prorrogado, uma vez, por mais dois anos, a critério do tribunal. 

Os classificados para as vagas da área judiciária serão lotados nas comarcas do interior do estado. Já os aprovados para a área administrativa atuarão na comarca de Fortaleza.

A remuneração inicial para técnicos do TJ-CE é de R$5.077,45. O valor conta com o vencimento de R$3.903,43 e o Gratificação por Alcance de Metas institucional e unidades (GAM) de R$1.174,02. 

Confira TUDO sobre edital AO VIVO!



Inscrições terão início no dia 15 de julho

Os interessados na seleção poderão se inscrever a partir das 14h do dia 15 de julho, até o dia 16 de agosto. As inscrições deverão ser feitas no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV), organizadora. A taxa de inscrição será de R$58.

Servidores públicos estaduais, doadores de sangue (que tenham feito, no mínimo, duas doações nos últimos 12 meses) e estudantes da rede pública de ensino poderão solicitar isenção do pagameto da taxa. O pedido deverá ser feito  entre as 14h do dia 15 de julho até as 16h do dia 17 de julho, no site da FGV.

Invista na sua preparação

Botão com link para curso de preparação

TJ-CE
TJ-CE publica edital com 328 vagas. Inscrições iniciam no dia 15 de julho
(Foto: Divulgação)

Provas do concurso TJ-CE serão em setembro

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetiva e discursiva. A prova objetiva, primeira etapa de avaliação, está marcada para o dia 15 de setembro de 2019 com duração de quatro horas. 

Para a área Judiciária, a prova será realizada no período da manhã, das 8h às 12h30, e para área Técnico-administrativa, no período da tarde das 15h às 19h30. A avaliação será composta por 70 questões, sendo 30 de Conhecimentos Básicos e 40 de Conhecimentos Específicos. O exame terá caráter eliminatório e classificatório.

Veja como serão distribuídas as questões a serem cobradas na avaliação:

Técnico Judiciário — área judiciária
Conhecimentos Básicos Língua Portuguesa 22
Organização Judiciária do Estado do Ceará e Direitos das Pessoas com Deficiência Oito
Conhecimentos Específicos Noções de Direito Constitucional 10
Noções de Direito Administrativo 10
Noções de Direito Processual Civil  10
Noções de Direito Processual Penal 10

 

Técnico Judiciário — área administrativa
Conhecimentos Básicos Língua Portuguesa 22
Organização Judiciária do Estado do Ceará e Direitos das Pessoas com Deficiência Oito
Conhecimentos Específicos Noções de Administração Pública 10
Noções de Gestão Pública 10
Noções de Direito Constitucional 10
Noções de Direito Administrativo 10

 

Serão considerados aprovados os que acertarem, no mínimo, 50% das questões de Conhecimentos Básicos, 50%  das questões de Conhecimentos Específicos e não zerarem nenhuma disciplina. 

Prova discursiva valerá 20 pontos

Já na avaliação discursiva, os candidatos deverão elaborar um texto dissertativo com no mínimo 20 linhas e no máximo 30. O tema da prova estará de acordo com assuntos relacionados ao conteúdo de Conhecimentos Específicos.

A correção dessa prova será feita em duas partes. Na primeira, o candidato poderá alcançar até 15 pontos e será avaliada a estrutura textual. A segunda parte valerá até cinco pontos e avaliará a correção gramatical. Veja como será distribuída a pontuação:

Critério avaliado Pontuação
Primeira parte
Abordagem do tema Oito
Progressão textual Sete
Segunda parte
Seleção vocabular (menos 0,2 ponto por erro)
Norma culta (menos 0,3 ponto por erro)

 

 Serão considerados aprovados na na prova discursiva os que obtiverem nota igual ou superior a 10. Serão corrigidas as avaliações dos aprovados até a 540ª posição para área judiciária e até a 180ª posição para área técnico-administrativa.

Para os que concorrem às vagas reservadas a candidadtos negros, serão corrigidas as provas dos classificados até a 108ª posição para a área judiciária e até a 36ª posição para a área técnico-administrativa. Todas as provas dos candidatos às vagas para pessoas com deficiência serão avaliadas.

Concursos para tribunais 2019: como estudar?




Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações