Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

TJ-AM segue com estudos para concurso e acumula 519 cargos vagos

TJ-AM segue com estudos para concurso e acumula 519 cargos vagos

Com 519 cargos em aberto, a comissão responsável pelo próximo concurso TJ-AM prossegue os estudos prévios ao edital.

Com concurso previsto, o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) acumula 519 cargos vagos da área de apoio. Desse total, 152 são auxiliares (nível fundamental), 201 assistentes (nível médio) e 166 analistas judiciários (nível superior). Os dados são referentes a março e podem crescer em caso de aposentadorias, mortes ou exonerações.

Os aprovados no novo concurso TJ-AM podem suprir essa carência. Ainda que confirmado para este ano, a Assessoria de Imprensa do tribunal informou à FOLHA DIRIGIDA nesta quinta-feira, 14, que a comissão responsável ainda está nos estudos prévios para o edital.  

Em nota, o órgão disse que “a comissão de atos preparatórios do referido concurso público ainda prossegue os estudos prévios, sem previsão oficial, ainda, para a divulgação do edital do certame".

Inicialmente, o edital estava previsto para ser publicado em janeiro. O prazo foi passado pelo próprio presidente do tribunal, Yedo Simões, em novembro do ano passado. De acordo com ele, cerca de 200 vagas serão abertas ainda em 2019.  

TJ-AM prepara novo concurso para todos os níveis de escolaridade
(Foto: Divulgação)

 

Simões explicou que o ideal seriam mais de 400 vagas. O TJ-AM, no entanto, está em processo de análise do impacto dos novos servidores nas contas públicas.

“Nossos funcionários têm um salário alto em relação ao restante do país, em função do nosso plano de cargos e salários, e estamos tentando contornar isso. O ideal seriam 400 vagas. O problema é que o tribunal não comporta essas vagas com os salários que temos hoje”, justificou.

A intenção, segundo o presidente tribunal, é que as nomeações de aprovados sejam imediatas. Para que o edital seja divulgado, o órgão ainda precisa escolher a banca organizadora. O concurso para área de apoio é prometido por Yedo Simões desde o início de sua gestão, em julho de 2018.

Concurso TJ-AM terá vagas regionalizadas e para todos os níveis

O número exato de vagas a ser oferecido no concurso ainda não foi anunciado. Assim como o quantitativo por cargo. Apesar disso, o coordenador administrativo da comissão do concurso TJ-AM, Messias Andrade, já adiantou que as oportunidades não serão apenas para Manaus, capital do estado.

A seleção terá vagas também para as comarcas do interior e, portanto, será regionalizada. “O importante é ressaltar que serão vagas para todo o estado com cadastro de reserva”, constatou o coordenador administrativo da comissão do concurso.

Acesse cursos de preparação para concursos:

As chances do concurso TJ-AM serão para todos os níveis de escolaridade. A informação foi confirmada pelo presidente do tribunal, Yedo Simões. A primeira reunião para discutir os rumos do edital foi realizada no dia 10 de julho de 2018, quando os profissionais começaram os estudos para definir o número de vagas.

"Iniciamos o trabalho prévio, que envolve o estudo de demanda de profissionais; a realização de atos administrativos preparatórios; um estudo de possíveis impactos financeiros e, inclusive, e da necessidade de eventuais ajustes na legislação que trata da lotação e provimento de cargos no âmbito do Tribunal, medida esta que terá de ser submetida à apreciação da Assembleia Legislativa do Estado”, disse, na época, o presidente do TJ-AM.

No vídeo abaixo, saiba como estudar para concursos de tribunais em 2019: 




Comentários


NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações