Versão nova do site ativada

Concurso TJ AM: novo presidente prevê convocações a partir de agosto

De acordo com o desembargador Domingos Jorge Chalub, chamadas do concurso TJ AM estão previstas para agosto e setembro. Confira!

08/07/2020 18:45

Por: Bruna Somma

08/07/2020 18:45 - Por: Bruna Somma

Mais de um ano após a abertura do concurso TJ AM com 160 vagas, quando serão publicadas as primeiras convocações? Essa é a dúvida de muitos aprovados para ingresso no Tribunal de Justiça do Amazonas.

O novo presidente do órgão, desembargador Domingos Jorge Chalub, deu uma previsão para as chamadas. Em entrevista coletiva no dia 3 de julho, logo depois da sua posse, ele estimou que os primeiros aprovados no concurso TJ AM sejam convocados entre agosto e setembro deste ano.

Para que isso se concretize, o tribunal deve homologar o resultado final do concurso para assistentes e analistas judiciários, divulgado no dia 10 de março. O novo presidente disse que pretende colocar esse assunto na pauta do Tribunal Pleno em até 30 dias .

Chalub anunciou que, conforme a programação proposta pela Comissão de Transição, uma vez homologado o concurso pelo Pleno, a intenção é chamar os aprovados o quanto antes.

Novo presidente do TJ AM dá previsão sobre chamada de aprovados no concurso
Novo presidente do TJ AM dá previsão sobre chamada de aprovados no
concurso (Foto: Chico Batata/TJ AM)


No dia 12 de maio, o Pleno do Tribunal de Justiça do Amazonas decidiu pela suspensão da homologação diante da crise do Coronavírus. Segundo o órgão, a pandemia traria reflexos na situação orçamentária e financeira do TJ AM.

enlightenedA homologação é a última etapa de um concurso público. É a partir dela que começa a contagem do prazo de validade da seleção. No caso do TJ AM, esse período será de dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais dois. Enquanto o resultado final estiver válido, o tribunal poderá convocar os aprovados no concurso.

 

+ Quer passar em concursos públicos? Saiba como!

Sem homologação do concurso, TJ AM tem 228 temporários

No aguardo pela homologação do concurso TJ AM , o Tribunal de Justiça registra 228 profissionais temporários. O quantitativo consta em  levantamento publicado  pelo órgão, no final de abril.

Os temporários contam com remunerações de até R$10 mil, conforme o portal da transparência do tribunal. O ex-presidente do órgão, desembargador Yedo Simões, disse que o objetivo do concurso é justamente substituir esses profissionais temporários por efetivos.

Nas redes sociais, aprovados no concurso para assistente e analista judiciário cobram a rápida homologação do resultado do final. A comissão de aprovados no concurso usa a internet para cobrar o início das convocações para posse.

A hashtag #homologaTJAM já acumula centenas de menções no Twitter e Instagram.  

“Diante da inércia do Tribunal, nós, os aprovados no último edital do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), estamos nos mobilizando para que haja a efetiva homologação do certame e consequente nomeação, tendo em vista o grande número de servidores temporários ocupando nosso lugar no quadro do tribunal. Nesse contexto, encontra-se evidenciada a necessidade de pessoal, ressaindo daí nosso direito de nomeação”, disse a comissão.

Ao mesmo tempo em que o tribunal acumula 228 funcionários temporários, existem também  380 cargos efetivos sem preenchimento . Desse número, 199 são de assistente judiciário (nível médio) e 181 de analista judiciário (nível superior). Cargos oferecidos no concurso.

+ Concurso TJ AM: homologação é suspensa devido à pandemia

Quanto ganha um aprovado no concurso TJ AM?

O edital do concurso TJ AM foi publicado em 3 de julho de 2019. A oferta foi de 160 vagas, sendo 140 para o cargo de assistente judiciário, que exige o nível médio completo. O salário inicial é de R$4.558,34. As oportunidades foram distribuídas entre as comarcas da capital, Manaus, e do interior do Estado.

As outras 20 chances foram para carreira de analista, que requer nível superior na área de interesse. As remunerações são de R$8.936,96. Os selecionados ainda usufruem de auxílio-alimentação de R$1.761,20 e auxílio-saúde de R$412,34. 

Segundo o Tribunal de Justiça do Amazonas, o concurso para área de apoio registrou 68.750 inscrições. A maior parte foi para assistente sem especialidade, com 53 mil candidatos.

Apesar do alto número de inscrições, nas avaliações objetivas, aplicadas em outubro do ano passado, cerca de 20% dos candidatos não compareceram ao exame.

As provas foram realizadas nos municípios de Manaus, Tabatinga e Parintins. Para assistente judiciário, foram cobradas 100 questões, das quais 40 de Conhecimentos Básicos e 60 de Conhecimentos Específicos.

Enquanto para analista foram 120 itens, sendo 40 de Conhecimentos Básicos e 80 de Conhecimentos Específicos. Também houve uma fase de análise de títulos, apenas para concorrentes de analista judiciário.

Resumo concurso TJ AM

  • Órgão: Tribunal de Justiça do Amazonas
  • Cargos: assistente e analista judiciário
  • Vagas:160
  • Requisitos: níveis médio e superior 
  • Salários: R$4.558,34 a R$8.936,96
  • Banca: Cebraspe 

Newsletter

Newsletter

Quer receber novidades sobre concursos?

Quer receber diretamente no seu e-mail as principais notícias dos concursos da sua região?

E de quebra dicas para seus estudo? Cadastre-se gratuitamente na newsletter FD para ter tudo isso!

Sobre o concurso

Inscrições Encerradas

TJ-AM - 2019 - Servidores

AM
Até R$8936,96
Fund...
160 vagas