Concurso TJ-AM: edital tem mudanças nas vagas, salários e questões

O Cebraspe publicou a primeira retificação do edital do concurso TJ-AM nesta terça-feira, 23, com mudanças significativas. Confira!

O edital do concurso para o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) teve sua primeira retificação publicada nesta terça-feira, 23. Entre as modificações, destacam-se o aumento da remuneração, inclusão de vagas para deficientes, requisitos dos cargos, jornada de trabalho, questões de prova e conteúdo programático.

O Cebraspe, banca organizadora, também divulgou as respostas aos pedidos de impugnação ao edital. O valor do vencimento inicial dos cargos teve aumento. Para assistente judiciário (nível médio), passou de R$4.558,34 para R$4.840.70.

Já para analista judiciário (nível superior), o valor foi de R$8.936,96 para R$9.428,49. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais, com exceção da especialidade de médico do trabalho, cuja carga é de 20 horas.

TJ-AM retifica edital do concurso para assistentes e analistas 
(Foto: Divulgação/Seduc-AM)

 

Para analista judiciário – Arquivologia não será mais necessário ter o registro no órgão da classe para se candidatar. Essa exigência, por outro lado, foi incluída para especialidade de Estatística.

A retificação também trouxe a inclusão de 10% das vagas para pessoas com deficiência. Esse foi um pedido do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). O concurso TJ-AM ainda traz a reserva de 20% das oportunidades para negros. O número de 160 vagas, no entanto, permanece inalterado. Confira as principais mudanças na tabela abaixo:

Cargo - Capital Vagas de ampla concorrência Vagas para Pessoas com deficiência Vagas para negros
Assistente Judiciário (sem especialidade) 70 + CR 10 + CR 20 + CR
Assistente Judiciário – Especialidade:  Programador  7 + CR 1 2 + CR
Assistente Judiciário – Especialidade:  Suporte ao Usuário de Informática 11 + CR 1 3 + CR

 

Os demais quantitativos permanecem inalterados.

+ TJ-AM descarta suspensão do concurso e confirma início das inscrições

Retificação traz número de questões por disciplina

Outra mudança significativa foi a distribuição das questões da prova objetiva por disciplina, o que também constava na recomendação expedida pelo TCE-AM. Para assistente judiciário (sem especialidade) a distribuição ficou da seguinte maneira:

Conhecimentos Básicos – assistente judiciário:

  • Língua Portuguesa – 14 questões;
  • Geografia do Amazonas – 5 questões;
  • Legislação Institucional e do Poder Judiciário – 10 questões;
  • Acessibilidade – 5 questões;
  • Noções de Informática e Processo Digital – 6 questões.

Conhecimentos Específicos – assistente judiciário:

  • Noções de Direito Administrativo – 12 questões;
  • Noções de Direito Constitucional – 12 questões;
  • Direito Processual Civil – 12 questões;
  • Direito Processual Penal – 12 questões;
  • Noções de Administração – 12 questões.

A retificação do concurso TJ-AM ainda traz alterações no conteúdo programático de alguns cargos. A bibliografia a qual as questões de prova serão baseadas não foi incluída.

+ Concurso TJ-AM: sindicato solicita suspensão do edital ao CNJ
TCE aponta supostas irregularidades no edital do concurso TJ-AM

Concurso TJ-AM: inscrições abertas para 160 vagas

As inscrições do concurso foram abertas nesta terça-feira, 23. Os cadastros poderão ser feitos até 21 de agosto, pelo site do Cebraspe, banca organizadora. As taxas são de R$90 para assistentes e R$150 para analistas.

Das vagas da seleção, 140 são para assistente judiciário. Para se candidatar é necessário ter o ensino médio completo. A remuneração inicial é de R$4.558,34.

As outras 20 oportunidades são para carreira de analista judiciário, que exige nível superior na área de interesse. Os vencimentos em início de carreira são de R$8.936,96. Os servidores também recebem auxílio-alimentação de R$1.761,20 e auxílio-saúde de R$412,34. 

Confira a distribuição das vagas na tabela abaixo:

Cargo Nº de vagas Especialidades
Assistente judiciário (nível médio) Capital - 127 vagas Sem especialidade (100 vagas)
Programador (10 vagas)
Suporte ao Usuário de Informática (15 vagas)
Técnico de Segurança do Trabalho (2 vagas)
Interior - 13 vagas Assistente judiciário geral (11 vagas)
Suporte ao Usuário de Informática (2 vagas)
Analista judiciário (nível superior) Capital - 20 vagas Analista de sistemas (4 vagas)
Arquivologia (1 vaga)
Biblioteconomia (1 vaga)
Contabilidade (2 vaga)
Direito (2 vagas)
Engenharia Civil (2 vagas)
Estatística (1 vaga)
Médico do Trabalho (1 vaga)
Psicologia (2 vagas)
Oficial de Justiça Avaliador (2 vagas)
Serviço Social (2 vagas)

 

Os candidatos ao concurso TJ-AM serão avaliados por provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. A aplicação será no dia 13 de outubro. Somente os classificados aos cargos de analista judiciário também serão submetidos a avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório. 



Comentários