Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Concurso TJ-AM: com estudo de cargos vagos, edital fica para 2019

Concurso TJ-AM: com estudo de cargos vagos, edital fica para 2019

O TJ-AM realiza levantamento de cargos vagos para o concurso de técnicos e analistas. Por isso, o edital deve sair apenas em 2019.

O Tribunal de Justiça do Amazonas realiza o estudo de cargos vagos para o novo concurso de servidores. De acordo com a presidência do TJ-AM, os trâmites devem ser concluídos até o final deste ano. As informações foram passadas à FOLHA DIRIGIDA nesta terça-feira, 6.

Já o edital deve ser publicado apenas em 2019. Isso porque não haverá tempo hábil para finalizar a escolha da banca organizadora e elaborar o documento ainda este ano. Após a definição de cargos e vagas, os servidores do tribunal ainda deverão montar o projeto básico, que contém as principais informações da seleção.

Essa minuta do edital será encaminhada a instituições aptas a organizar e aplicar as etapas do concurso, como as provas objetivas. O processo de escolha da banca pode ocorrer por pregão (presencial ou eletrônico) ou dispensa de licitação. O TJ-AM ainda não informou qual será a modalidade adotada.

(Foto: Seduc-AM)
TJ-AM prepara novo concurso para todos os níveis de escolaridade
(Foto: Seduc-AM)

 

Somente após a definição da banca organizadora, detalhes do concurso para área de apoio como cronograma, etapas de seleção e conteúdo programático poderão ser fechados. A última instituição a frente de uma seleção do TJ do Amazonas, realizada em 2013, foi a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

TJ-AM tem 500 cargos vagos até setembro deste ano

Em setembro, o TJ-AM divulgou a última planilha de cargos vagos. Segundo o levantamento, a carência do tribunal é de 500 servidores, sendo 150 para auxiliar judiciário (nível fundamental), 193 para assistente técnico judiciário (nível médio) e 157 para analistas judiciários (nível superior).

Mesmo que ainda estejam em definição os cargos que serão contemplados, o coordenador administrativo da comissão do concurso TJ-AM, Messias Andrade, já adiantou que as oportunidades não serão apenas para Manaus, capital do estado. As vagas serão também para as comarcas do interior.

“O importante é ressaltar que serão vagas para todo o estado com cadastro de reserva”, constatou o coordenador administrativo da comissão do concurso TJ-AM.

O concurso TJ-AM foi anunciado em julho e, logo depois, teve comissão organizadora formada. O presidente do tribunal, desembargador Yedo Simões, disse que as chances serão para todos os níveis de escolaridade.  

A primeira reunião da comissão ocorreu no dia 10 de julho, quando os profissionais começaram os estudos para definir o número de vagas.

"Iniciamos o trabalho prévio, que envolve o estudo de demanda de profissionais; a realização de atos administrativos preparatórios; um estudo de possíveis impactos financeiros e, inclusive, e da necessidade de eventuais ajustes na legislação que trata da lotação e provimento de cargos no âmbito do Tribunal, medida esta que terá de ser submetida à apreciação da Assembleia Legislativa do Estado”, afirmou o presidente do TJ-AM.

Concurso TJ-AM: saiba como iniciar os estudos para as provas

Por mais que não haja data certa para publicação do edital, os especialistas recomendam que os interessados no concurso TJ-AM comecem a preparação desde já. O ex-servidor do Tribunal de Justiça do Amazonas e professor do curso ‘Sou concurseiro e vou passar’, Fábio Silva, afirmou que os estudos antecipados aumentam as chances de aprovação.

"É praticamente impossível estudar todo um conteúdo programático do zero de forma satisfatória da publicação até a prova, haja vista este prazo gira em torno de 30 a 60 dias", constatou.

Ele também listou sete dicas para que os interessados comecem os estudos para o concurso TJ-AM e garantam uma vaga. São elas:

1- Compre um caderno ou fichário;
2 - Divida o mesmo pela mesma quantidade de disciplinas do concurso;
3 - Estude os assuntos da forma que achar mais adequada: cursos presenciais, cursos online, livros ou apostilas;
4 - Copie tudo de determinada disciplina para o caderno/fichário;
5 - Faça revisões diárias de cada disciplina, nunca deixando de revisar tais assuntos por mais de sete dias;
6 - Estude de duas a três disciplinas por dia, pelo menos uma hora para cada;
7 - Resolva questões dos assuntos estudados.

No vídeo abaixo, saiba como iniciar a preparação para o concurso antes do edital: 




Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações