Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Saiu edital para 172 vagas. 2º e 3º graus. Até R$5.789

Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) realiza concurso para provimento de 172 vagas, sendo 20 de técnico judiciário, 90 de auxiliar judiciário (nível médio; R$2.496,55 e R$1.084,67, respectivamente), e 62 de analista judiciário especializado (superior; R$5.789,19).

Depois de muita espera, saiu o concurso para a área técnico-administrativa do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL). Diferentemente do informado pelo presidente da comissão do concurso, Alberto Jorge, e divulgado por FOLHA DIRIGIDA, a seleção tem oferta inicial de 172 vagas, e não 152, além de ser formado cadastro de reserva.

Das oportunidades, 20 são para o cargo de técnico judiciário (nível médio; R$2.496,55), 90 de auxiliar judiciário (nível médio; R$1.084,67) e 62 de  analista judiciário especializado (superior; R$5.789,19). A carga de trabalho será de 30 horas semanais e a contratação será feita pelo regime estatutário, o que garante estabilidade ao servidor. A validade da seleção será de dois anos, podendo  dobrar.

As inscrições deverão ser feitas no site Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe/UnB), organizador, entre 4 de junho e 3 de julho. A  taxa custa R$55 para o nível médio e R$100 para o superior. O boleto poderá ser pago até 7 de agosto, em qualquer banco.

Para solicitar isenção os candidatos deverão atender a pelo menos uma das seguintes condições condições: estar desempregado, comprovar ser de  familia de baixa renda, ser doador de sangue ou ganhar até um salário mínimo. O requerimento do benefício, juntamente com a documentação comprobatória,  deverá serentregue, presencialmente, dentro do período de inscrições, no Colégio Intensivo, das 8h às 12h ou das 14h às 17h.

Os que optarem por concorrer às sete vagas reservadas a portadores de deficiência deverão, além de assinalar sua condição no ato da inscrição, encaminhar cópia do CPF e laudo médico à organizadora até 3 de julho. A documentação pode ser enviada via Correios (Sedex ou carta registrada  com Aviso de Recebimento) ou presencialmente, em dias úteis, das 8h às 19h.  

Provas objetiva e redação em setembro


No dia 2 de setembro, serão realizadas as provas objetiva e de redação do concurso para o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL), sendo esta somente para os candidatos de nível superior. O teste objetivo terá 60 questões, sendo aplicado pela manhã para os concorrentes a auxiliar e técnico judiciário e à tarde para os candidatos a analista judiciário.

Destas perguntas, 20 ou 30, dependendo da área pretendida, versarão sobre Conhecimentos Básicos, que englobará Língua Portuguesa, Noções de Informática, Atualidades, Legislação Específica do Estado de Alagoas, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo, as duas últimas exceto para analista judiciário da área judiciária. As demais versarão sobre Conhecimentos Específicos, que irão variar de acordo com o cargo. O resultado da primeira etapa será divulgado no dia 26 de setembro.

A avaliação discursiva será compreendida por um texto, que deverá ter até 30 linhas, a ser elaborado a partir do tema proposto pela banca examinadora, acerca dos objetos de avaliação de conhecimentos específicos. Aqueles que obtiverem nota inferior a cinco pontos nesta fase estarão eliminados.  

Os graduados, exclusivamente, ainda terão que passar por avaliações psicológica e de títulos. Já as etapas seguintes - comprovação de sanidade física e mental, investigação social e curso de formação - serão aplicadas a todos os concorrentes.

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações