Concurso TJ-AL: sai gabarito preliminar da prova de juiz substituto

FCC divulga gabarito preliminar da prova objetiva do concurso para juiz substituto do TJ-AL.

Foi publicado nesta quarta-feira, 9, o gabarito preliminar da prova objetiva do concurso para juiz substituto do TJ-AL. O exame foi aplicado no último domingo, 6, para cerca de 7 mil pessoas.

A vista da prova e da folha de respostas ficará disponível nos próximos dois dias, ou seja, até sexta-feira, 11. O candidato que desejar interpor recursos contra o gabarito preliminar disporá desse mesmo prazo, a contar do término da respectiva vista.

As contestações devem ser feitas exclusivamente por meio do site da Fundação Carlos Chagas (FCC), de acordo com as instruções no edital e na página do concurso. O resultado do exame está previsto para sair em 25 de novembro. 

Os candidatos do concurso TJ-AL tiveram que responder a 100 questões divididas em três blocos de disciplinas. Para ser considerado habilitado é preciso ter alcançado, cumulativamente:

  • 30% de acertos das questões em cada bloco 
  • média final de, no mínimo, 60% de acertos do total das questões

Estarão classificados para a próxima etapa os primeiros 300 candidatos com as maiores notas após o julgamento dos recursos. Os empatados na última posição também serão admitidos na segunda etapa. 

(Foto: Divulgação/TJ-AL)
Concurso TJ-AL tem várias etapas de avaliação
(Foto: Divulgação/TJ-AL)

Próxima etapa será realizada em janeiro

O concurso para juiz do Tribunal de Justiça de Alagoas terá ainda outras quatro etapas de avaliação: provas escritas (discursiva e de sentenças); sindicância da vida pregressa com exame de sanidade física e mental e exame psicotécnico; prova oral; e avaliação de títulos. 

As provas escritas, que compõem a segunda etapa, já têm datas definidas:

- Primeira prova escrita (discursiva), dia 12 de janeiro de 2020;
- Segunda prova escrita (sentença cível), dia 18 de janeiro de 2020;
- Segunda prova escrita (sentença criminal), dia 19 de janeiro de 2020;

Aberto em julho deste ano, o concurso TJ-AL visa preencher 20 vagas na magistratura, além de formar cadastro de reserva. De acordo com estatística da FCC, a seleção atraiu um total de 7.156 candidatos. 

Para ingressar na carreira é preciso ter bacharelado em Direito, além de comprovar exercício de atividade jurídica por, pelo menos, três anos contados a partir da obtenção do diploma de ensino superior.

Assine a Folha Dirigida e turbine os estudos

A remuneração inicial é de R$31.924, 42. O valor é composto por R$30.404,42 de vencimento básico e R$1.520,22 de auxílio-alimentação.

Aqueles que forem aprovados além das 20 vagas imediatas vão compor o cadastro de reserva que poderá ser utilizado durante a validade da seleção. O prazo será de dois anos contados a partir da homologação do resultado, podendo ser prorrogado por mais dois.

Comentários