Comissão do concurso TCM-Rio ajusta últimos detalhes do projeto básico

A comissão organizadora do concurso para o TCM-Rio trabalha na conclusão do projeto básico do concurso.

A comissão do concurso para o Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCM-Rio) se reuniu na quinta-feira, dia 18, para discutir mais alguns detalhes do projeto básico do concurso. De acordo com o departamento de Recursos Humanos do órgão, o documento passa pelos últimos ajustes antes de ser encaminhado para autorização do presidente.

A expectativa, é que o projeto seja finalizado ainda este mês para que o tribunal possa dar início ao processo de contratação da organizadora. No entanto, a comissão dependerá da liberação do presidente, que poderá solicitar a revisão de itens do projeto básico.

Apesar dos boatos de que o edital do concurso pode ser publicado ainda este ano, o setor de Recursos Humanos do órgão disse que a publicação não seria possível. Isso porque o projeto básico precisa ser elaborado com cuidado para que não haja complicações mais a frente.

Depois, o tribunal precisa contratar a empresa que ficará responsável por organizar o concurso. A banca será a responsável por todas as etapas de seleção, desde o recebimento das inscrições até a publicação dos resultados finais. A escolha deverá ser feita por Dispensa de Licitação.

Além disso, após a contratação da organizadora, a comissão responsável pelo concurso e a empresa escolhida vão precisar se reunir para discutir os detalhes do edital. Sendo assim, não haveria tempo hábil para que todo esse processo acontecesse ainda este ano.

Concurso TCM-Rio: auditor dá dicas e orienta futuros candidatos

Após finalização do projeto básico, documento será encaminhado para 
assinatura do presidente (Foto: Pixabay)

Concurso TCM-Rio 2020 ofertará vagas para auditor

A comissão organizadora acompanhará todas as etapas que envolvem a realização deste concurso. O grupo é composto por Emil Leite Ibrahim, presidente da comissão, além dos servidores Pedro Hollanda Dionisio, Jaqueline Dias de Mello, Alexandre Angeli Cosme e Renato Tinoco Gonzaga.

O TCM-Rio trabalha com a previsão de abertura do concurso no início de 2020. As nomeações dos aprovados ficará para o segundo semestre do ano que vem. 

Até o momento estão confirmadas as vagas para a carreira de auditor, que exige graduação para qualquer área ou formação específica, dependendo da especialidade do cargo. A remuneração em início de carreira é de R$15.226,81. 

Já estão somados ao valor o vencimento básico de R$2.356,81, mais a gratificação de controle externo de R$12.870. Após três meses de trabalho, os servidores passam a receber encargos especiais, no valor de R$4.633,20, o que eleva a remuneração ao total de R$19.860,01. 

Ainda são garantidos aos servidores outros benefícios, como auxílio-saúde (até R$1.400); auxílio-refeição (R$1.133); auxílio-creche (R$1.287), para quem tem dependentes de até seis anos; e auxílio-educação (R$1.287), no caso de dependentes de até 17 anos. Os auxílios-creche e educação ficam limitados a apenas dois dependentes. 

Todos os profissionais cumprirão uma carga de trabalho de 40 horas semanais. O regime de contratação é o estatutário, que garante estabilidade empregatícia aos servidores, após três anos ininterruptos de pleno exercício da função.

TCM-Rio acumula 28 cargos vagos atualmente

Em julho deste ano o presidente do TCM-Rio, conselheiro Thiers Montebello, propôs uma substituição no quadro de servidores do órgão, durante uma sessão plenária. De acordo com a modificação, foram criadas cinco vagas para o cargo de auditor de controle externo, na área de Tecnologia da Informação (TI).

Para isso, dois cargos de auditor externo sem especialidade, dois com especialidade em Direito e um em Engenharia foram transformados em vagas para auditor de controle externo da área de Tecnologia da Informação (TI).  As oportunidades serão oferecidas no concurso de 2020.

Invista na sua preparação para o concurso TCM-Rio

Além dessas, são esperadas vagas para auditor de controle externo sem especialidade. Segundo informações do Portal de Transparência do TCM-Rio, o tribunal conta com 28 cargos vagos. 

Desse total, 23 são para o cargo de auditor de controle externo sem especialidade e cinco para auditor de controle externo com especialidade em TI.

Porém, com a conclusão dos estudos do tribunal, poderão ser identificadas demandas para outras áreas. Assim, o concurso poderá contemplar vagas para mais áreas, além dessas.

Outra expectativa é que sejam oferecidas oportunidades para cadastro de reserva. Os aprovados nessas oportunidades poderão ser convocados ao longo do prazo de validade do concurso, que deverá ser de dois anos, prorrogável por igual período.

Comentários