Folha Dirigida Entrar Assine

TC-DF forma comissões organizadoras de concurso para quatro cargos

O Tribunal de Contas do Distrito Federal formou três comissões organizadoras que ficarão responsáveis pelo concurso TC-DF.

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TC-DF) deu um passo importante rumo a publicação do edital do concurso público. Foram formadas três comissões organizadoras que ficarão responsáveis pelos trâmites principais da seleção até a publicação do edital.

Os nomes dos membros que farão parte das comissões foram publicados no Diário Oficial do Distrito Federal nesta quarta-feira, 19. Esses serão os responsáveis por definir a banca organizadora que receberá as inscrições e realizará as etapas de seleção.

Foram criadas três comissões organizadoras. A primeira ficará responsável pelo concurso de procurador, enquanto a segunda para o auditor de controle externo e a última destinada as carreiras de técnico e analista. Tal divisão dá a entender que serão publicados três editais.

Os grupos deverão iniciais os trabalhos para que os concursos aconteçam o quanto antes. As portarias não trazem previsões sobre a publicação do edital e demais etapas. No entanto, como ainda não foi escolhida a organizadora, o documento com as regras só deve ser divulgado em 2019.

Tenha preparação completa para concursos!
Acesse curso preparatório

Cebraspe é sugerido e poderá ser a banca dos concursos

Se mantida a sugestão do próprio órgão, o Cebraspe (antigo Cespe/UnB) poderá ser mais uma vez escolhido como o organizador do concurso TC-DF. No início de dezembro, a Secretaria de Gestão de Pessoas do próprio tribunal sugeriu a contratação da banca.

A justificativa exposta pelo órgão foi que o Cebraspe organizou o último concurso e ficou a frente de outros de grande importância no país. Caso a sugestão seja acolhida, o tribunal deverá iniciar em seguida as tratativas para realizar a contratação da banca.

No texto, foi informado ainda que pode não haver a necessidade de um procedimento licitatório, nesse caso. O TC-DF aguarda por um parecer e manifestação do Ministério Público. E logo após o pedido, será encaminhado a Secretaria Geral de Administração.

TC-DF forma comissão e deve definir banca nos próximos dias (Foto: Divulgação)
Tribunal de Contas do DF forma três comissões e deve definir banca
(Foto: Divulgação)

Além da escolha da banca, o tribunal também colocou em discussão o acréscimo de mais uma vaga para os cargos de auditor e procurador-geral. Atualmente, estão autorizadas 14 oportunidades distribuídas pelos seguintes cargos:

 Procurador - Nível superior - uma vaga
 Analista - Nível superior - três vagas 
 Auditor - Nível superior - sete vagas 
 Técnico - Nível médio - três vagas

O concurso TC-DF foi autorizado em outubro, após diversas movimentações. No entanto, era esperado um número maior de vagas (47), como previso na LDO 2019. As oportunidades contemplarão carreiras dos níveis médio e superior.

O último concurso do Tribunal de Contas foi realizado em 2014 e a boa notícia é que o Cebraspe também foi o organizador dessa seleção. Sendo assim, se a banca for confirmada, quem se preparou com antecerência levará vantagem.

Na época, foram 69 vagas, sendo 19 destinadas ao cargo de auditor de controle externo, 12 para técnico de administração pública e 38 vagas para o analista. Os candidatos foram avaliados por meio de provas escritas, objetiva e discursiva, contendo 150 questões de Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos.

Conhecimentos Gerais:

Língua Portuguesa; 
Raciocínio Lógico;
Controle da Administração Pública;
Lei Orgânica do Distrito Federal;
Direito Constitucional;
Direito Administrativo;
Direito Civil;
Direito Processual Civil;
Direito Penal.

Conhecimentos Específicos:

Auditoria Governamental;
Administração Financeira e Orçamentária;
Contabilidade Pública;
Administração Pública;
Economia;
Fiscalização de Obras Civis, Rodoviárias e Hídricas;
Fiscalização de Contratos de Tecnologia da Informação. 



Comentários