Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

TC-DF sugere o Cebraspe como banca e concurso pode ter mais vagas

TC-DF sugere o Cebraspe como banca e concurso pode ter mais vagas

Após o concurso ter sido autorizado em outubro, o TC-DF já trabalha na escolha do organizador. O Cebraspe foi a banca sugerida.

Após o aval para a realização de um novo concurso público, o Tribunal de Contas do Distrito Federal já trabalha na escolha da banca organizadora. O Cebraspe (antigo Cespe/UnB) foi sugerido pelo órgão e pode ser oficializado nas próximas semanas.

O órgão ainda não passou uma previsão oficial sobre a publicação do edital. Caso a contratação do Cebraspe seja oficializada, o documento com as regras da seleção deve ser divulgado logo em seguida, com a possibilidade disso acontecer ainda esta ano, se tudo ocorrer com rapidez.

Quem sugeriu a contratação da banca foi a própria Secretaria de Gestão de Pessoas do Tribunal de Contas do DF. Foi publicado um novo despacho nos autos do processo que dispõe sobre a indicação do Cebraspe sob a justificativa de ter organizado o último concurso e outros de grande importância no país

"...levando em consideração que a instituição tem realizado os concursos no âmbito deste Tribunal desde 1980, como também organiza os certames públicos para carreiras e cargos de notória relevância na estrutura pública do país."

Tenha preparação completa para concursos!
Acesse curso preparatório

O texto do despacho relata ainda que, caso a sugestão seja acolhida, serão iniciadas as tratativas para realizar a contratação da banca. Além disso, ressalta que pode não haver a necessidade de um procedimento licitatório.

A sugestão foi encaminhada para parecer e após manifestação do Ministério Público será encaminhada a Secretaria Geral de Administração. Também está em discussão o acréscimo de uma vaga para os cargos de auditor e procurador-geral.

TC-DF pode ter aumento no quadro de vagas
TC-DF pode ter mais vagas para auditor e procurador
(Foto: Divulgação)

Concurso TC-DF foi autorizado em outubro

Em agosto desse ano, o pedido de concurso para o Tribunal de Contas do Distrito Federal foi protocolado e começou a ganhar forças. Após tramitar diversas vezes, o aval foi confirmado em outubro.

Estavam previstas 47 vagas que seriam oferecidas por meio de quatro cargos, dos níveisl médio e superior. A autorização, no entanto, foi publicada com uma oferta menor, mas para as mesmas carreiras anunciadas.

 Procurador - Nível superior - uma vaga
 Analista - Nível superior - três vagas 
 Auditor - Nível superior - sete vagas 
 Técnico - Nível médio - três vagas

Para o analista, a especialidade a ser disputada será a de Tecnologia da Informação, que exigirá nível superior na área. O quantitativo de vagas, inclusive, consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO ) para 2019. O motivo da redução não foi informado pelo órgão.

Cebraspe também organizou o concurso de 2014

O Tribunal de Contas do Distrito Federal chegou a abrir um concurso público em 2016. No entanto, a seleção precisou ser cancelada em função da crise financeira. O tribunal previa retomar os preparativos e realizá-lo em 2017, mas não foi possível.

Sendo assim, o concurso mais recente do TC-DF é do ano de 2014. O edital anterior é uma boa referência para os estudos. A boa notícia é que o organizador foi o próprio Cebraspe, que pode ser oficializado como a banca do próximo.

Essa informação anima e ajuda a preparação dos concurseiros. Quem começar a se preparar com antecedência levará vantagem para os demais concorrentes. Na época, foram 69 vagas, sendo 19 destinadas ao cargo de auditor de controle externo, 12 para técnico de administração pública e 38 vagas para o analista.

Os candidatos passaram por provas objetiva e discursiva. A primeira prova teve caráter eliminatório e classificatório e consistiu em 150 questões sobre Conhecimentos Gerais e Específicos, conforme relação abaixo.

Edital do concurso de 2014

Conhecimentos Gerais:

Língua Portuguesa; 
Raciocínio Lógico;
Controle da Administração Pública;
Lei Orgânica do Distrito Federal;
Direito Constitucional;
Direito Administrativo;
Direito Civil;
Direito Processual Civil;
Direito Penal.

Conhecimentos Específicos:

Auditoria Governamental;
Administração Financeira e Orçamentária;
Contabilidade Pública;
Administração Pública;
Economia;
Fiscalização de Obras Civis, Rodoviárias e Hídricas;
Fiscalização de Contratos de Tecnologia da Informação.

Baixe e-book gratuito!

Como ser um concurseiro






Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações