Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

Professor dá dicas para candidatos a técnico

O professor de Matemática do curso LFG, Bruno Villar, recomenda que os interessados em participar do concurso para o cargo de técnico em gestão previdenciária da São Paulo Previdência (SPPrev) já iniciem os estudos, mesmo antes da publicação do eidtal, com base no conteúdo programático do concurso anterior, realizado em 2001. Para isto, aconselha que os candidatos iniciem os estudos pela Matemática pura, bem como conjuntos numéricos e problemas de contagem. Como exemplo, cita a seguinte questão:  "Quantas vezes o algarismos 2 aparece de 1 a 300?"

O professor de Matemática do curso LFG, Bruno Villar, recomenda que os interessados em participar do concurso para o cargo de técnico em gestão previdenciária da São Paulo Previdência (SPPrev) já iniciem os estudos, mesmo antes da publicação do eidtal, com base no conteúdo programático do concurso anterior, realizado em 2001. Para isto, aconselha que os candidatos iniciem os estudos pela Matemática pura, bem como conjuntos numéricos e problemas de contagem. Como exemplo, cita a seguinte questão:  "Quantas vezes o algarismos 2 aparece de 1 a 300?"

Ao todo, o concurso contará com 202 vagas, sendo 165 para técnicos e 37 para analistas. Para técnico será necessário possuir ensino médio completo e para analista, nível superior em qualquer área.  Os vencimentos chegam a R$2.298,65 para técnicos e R$5.448,82 para analistas, já considerando o limite de gratificação por meio do Prêmio de Incentivo à Qualidade (PICPREV), que pode ser de R$377,23 ou R$745,45, de acordo com avaliação da chefia do servidor. A expectativa é de que o edital seja divulgado em  junho, mas isto depende da escolha da organizadora, processo ainda em andamento. Enquanto o edital não é divulgado, professores aconselham adiantar os estudos com base no programa do concurso realizado em 2011, organizado pela Fundação Carlos Chagas.

Para Bruno Villa, um ponto que merece atenção é o conjunto de divisores de um número natural, incluindo razão, com respectivas variantes, como razões especiais: velocidade média , densidade de corpos e escala. "Sobre a divisão proporcional , o candidato deve ficar atento com divisões que requerem uma abodagem direta, inversa ou composta", diz. "Para regra de três simples e composta,  com porcentagem, é fundamental estudar cálculos com operações comerciais usando lucro e prejuízo e aumentos sucessivos como exemplos. As equações do 1ª grau e 2º grau, como cálculo e problemas, requer uma atenção redobrada, pois pode haver informações no enunciado. Em juros simples e compostos, busque problemas com noções de probabilidade e estatística.Também utilizem problemas que contenham noções de média, moda , mediana , desvio médio, desvio padrão e variância contábil", diz.

N parte de raciocínio lógico, recomenda estudar a  lógica proposicional e nas questões de  raciocínio matemático, verificar e ter noções de figuras geométricas e princípio fundamental de
contagem. Finalmente, em raciocínio sequencial,recomenda memorizar a ordem números , letras, figuras e problemas de datas.
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações