SMF-Rio: comissão trabalha para definir concurso

A Secretaria Municipal de Fazenda do Rio de Janeiro (SMFRio) tem feito reuniões para avaliar a necessidade de um novo concurso público.

A comissão responsável por avaliar a necessidade de abertura do concurso SMF-Rio tem realizado constantes reuniões. Quem informou foi a Assessoria de Imprensa da pasta na última terça, 7. O último processo seletivo realizado para a Secretaria Municipal de Fazenda do Rio de Janeiro foi realizado em 2010.

A comissão foi criada no dia 25 de março para levantar as necessidades de pessoal. A esse grupo, caberá, por exemplo, caso seja confirmada a necessidade do concurso, a elaboração do projeto básico do concurso. O documento é um esboço de como será a seleção, e norteará o processo de escolha da organizadora.

A SMF-Rio ainda não antecipou a quais conclusões chegou esse grupo de trabalho, mas a tendência é que o concurso seja de fato realizado. Mas é bem provável que a oferta seja bem expressiva ou que ocorram muitas convocações extras, visto que o último concurso da pasta foi aberto há nove anos, em 2010.

SMF-Rio analisa necessidade de concurso. (Foto: Pixabay)

Cargo de fiscal de rendas tem a maior carência de profissionais

As carreiras da última seleção foram agente de fazenda, agente de trabalhos de engenharia e fiscal de rendas. É possível que esses três cargos sejam novamente abrangidos - sobretudo o último, que apesenta grande déficit de pessoal.

Para ser um fiscal de rendas é preciso ter o nível superior em qualquer área. A remuneração vigente é de R$22.879. Já a função de agente de fazenda requer o nível médio completo, enquanto que o requisito do agente de trabalhos de engenharia é o nível médio/técnico em edificações, mais registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea). As remunerações destes dois últimos cargos ainda serão informadas.

Você sabe estudar sozinho para concurso?