Folha Dirigida Entrar Assine

Notícia principal

SEMCDH-AL: três vagas temporárias de nível superior. Vencimento de R$3.500

 Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos (SEMCDH) do estado de Alagoas abriu seleção para três vagas temporárias. As funções oferecidas são  advogado, assistente social e psicólogo, que exigem nível superior., e vencimento de R$3.500. 

A Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos (SEMCDH) do estado de Alagoas abriu seleção para a contração temporária de advogado, assistente social e psicólogo, que exigem nível superior. No total, são três oportunidades com vencimentos de R$3.500 e carga de trabalho de 36 horas semanais. A validade do contrato vai até dezembro de 2013, sendo o regime de contração regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Os cadastros deverão ser realizados no site da SEMCDH - instituição que está organizando o certame - até a próxima segunda-feira, 25. Não serão cobradas taxas para inscrição. A relação de inscritos será divulgada no 26 de junho, terça-feira. Nos dias 27 e 28 de junho, respectivamente, das 8h às 13h, os inscritos deverão entregar, presencialmente, na sede da secretaria currículo e a documentação exigida, etapa que corresponde a análise curricular.

As próximas fases são prova de Conhecimentos Específicos, aplicada no dia 05 de julho, e redação sobre tema relacionado aos direitos humanos aplicada no dia 12 de julho, ambas as fases possuem caráter eliminatório. As disciplinas do primeiro teste serão Código de Ética Profissional, somente para as funções de assistente social e psicologo, Direitos Humanos, Vitimologia, Processo Penal, Política e Plano Nacional de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas. Serão considerados aprovados aqueles que obtiverem 70%, ou mais, de acerto das questões apresentadas. O resultado final está previsto para 20 de julho.


Serviço

Entrega da documentação: Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos (SEMCDH), Rua Cincinato Pinto, nº 503, Centro, Maceió/AL.
 

Comentários

NEWSLETTER
Cadastre-se para receber notícias e Informações