Concurso Sefaz-RS escolhe o Cebraspe como banca organizadora

O Cebraspe foi definido como o organizador do concurso Sefaz-RS. A dispensa foi publicada em DO para os três cargos que serão oferecidos.

Os concurseiros gaúchos já podem comemorar. O concurso Sefaz-RS já tem banca definida. O Cebraspe (antigo Cespe/UnB) foi definido como organizador das três seleções, para assistente administrativo, técnico tributário e auditor fiscal da Secretaria de Fazenda do Rio Grande do Sul. As próximas etapas são a assinatura do contrato e, posteriormente, a publicação do edital.

A súmula do termo de dispensa de licitação que contrata o Cebraspe, organizador da seleção, foi publicada no Diário Oficial do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, 27. De acordo com o documento, o processo foi autorizado e ratificado na terça-feira, 24. O número de cargos por vagas ainda não foi definido, mas o edital deve sair ainda este ano.

Concurso Sefaz-RS escolhe o Cebraspe (Reprodução Diário Oficial)
Reprodução Diário Oficial

Especialista dá dicas sobre o perfil da banca

A escolha da Sefaz-RS pelo Cebraspe confirmou a previsão de especialistas. A professora Taís Flores, coordenadora do CPC concursos, informou à reportagem de FOLHA DIRIGIDA que o órgão teve problemas recentes com outras organizadoras e manteria uma preferência pela última banca.

"Há alguns meses tivemos o concurso para auditor da Controladoria Geral do Estado (Cage), com a organização do Cespe. Esse cargo já tem vínculo com a Sefaz-RS", afirma Taís.

Para ajudar os candidatos com a preparação no concurso da Sefaz-RS, a professora orientou que os estudos devem ser intensificados. No entanto, a preparação para os três cargos devem acontecer de maneira distinta. Ela aconselha ainda que os participantes estudem sempre com base nos editais e provas anteriores, pois ajuda a entender melhor o perfil da banca e compreender como são cobrados os conteúdos.

A prova do Cebraspe será elaborada no estilo certo ou errado. "A gente espera uma prova aprofundada, como costuma ser o Cespe, que é uma banca mais vanguardista, com provas difíceis na área." Por isso, Taís Flores aconselha uma preparação com provas mais densas, de enunciados longos, acreditando que a prova padrão para estudos seja a que foi aplicada na Cage-RS.

Concurso Sefaz-RS define o Cebraspe como organizador (Foto: Divulgação/Sefaz-RS)
Cebraspe é escolhido para organizar o concurso da Sefaz-RS
(Foto: Divulgação/ Sefaz-RS)

Confira detalhes do concurso Sefaz-RS

concurso da Sefaz-RS formou a comissão em abril para as três seleções: técnico tributário e auditor fiscal, com exigência de nível superior completo, e assistente administrativo (antigo técnico do tesouro do estado), de nível médio. Todos foram autorizados pelo governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, no dia 19 de abril. A autorização foi confirmada, durante o 19º Encontro do Fisco Estadual gaúcho, pelo secretário adjunto da Fazenda, Luiz Antônio Bins.

“Assim que adentrarem como servidores públicos, com certeza contribuirão mais ainda para que a Secretaria, em cada uma de suas áreas, continue prestando o melhor serviço possível”, disse Bins.

Concurso SEF-SC forma comissão e edital deve sair este ano

O estudo para a realização de um novo concurso público foi iniciado em março. Na época, a assessoria de comunicação da Sefaz-RS disse à reportagem de FOLHA DIRIGIDA que o órgão acumulava muitos pedidos de aposentadoria. Isso só aumentava o déficit da secretaria, que sofre com grande defasagem de servidores, em especial na carreira de auditor fiscal.

Sefaz-RS não realiza concurso desde 2014

O último concurso para a Secretaria de Fazenda do estado do Rio Grande do Sul aconteceu em 2014, sendo divulgados dois editais para os cargos de auditor-fiscal e técnico tributário, com 100 vagas para cada um dos cargos. Ambos foram organizados pela banca Fundatec.

Na época, o salário da carreira era de R$10.940, mais o Prêmio de Produtividade e Eficiência, que foi de R$8.188. Os servidores cumprem jornadas de 40 horas por semana. Para o cargo de auditor forma cobradas 260 questões, enquanto o técnico respondeu a 160, sendo elas divididas em vários blocos.

Entre as disciplinas cobradas estavam Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, Direito Empresarial, Penal e Civil, Direito Tributário, Direito Administrativo e Constitucional, Contabilidade, Legislação Tributária Estadual do RS e Auditoria Contábil e Fiscal. A última nomeação de aprovados na Secretaria ocorreu há dois anos, referente ao concurso de 2014, o que afirma a grande necessidade da Sefaz-RS.

Baixe o e-book "25 dicas de Direito Constitucional"



CADASTRE-SE

Para ter acesso a este conteúdo

CADASTRE-SE


Comentários