Sefaz-DF realiza estudo para ampliar número de vagas do concurso

Segundo assessoria de comunicação do Sefaz-DF, órgão realiza novo estudo para ampliação do número de vagas no concurso.

O edital do concurso para auditor fiscal da Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão do Distrito Federal (Sefaz-DF) deve demorar um pouco mais para ser publicado. Segundo informações da assessoria de comunicação do órgão, estão sendo realizados estudos de impacto para ampliação do número de vagas a serem ofertadas na seleção.

De acordo com o Portal de Transparência do Sefaz-DF há, atualmente, 575 cargos vagos para a carreira de auditor fiscal. A informação reforça a necessidade de realização de concurso com uma oferta maior no número de vagas. 

“O concurso é uma prioridade de governo. A meta é selecionar novos auditores que ajudarão o Distrito Federal no trabalho de melhorar a arrecadação fiscal”, informaram.

Inicialmente a oferta para o concurso Sefaz-DF seria de 120 oportunidades para auditor fiscal. Destas, 40 seriam imediatas e outras 80 para formação de cadastro de reserva. 

O órgão ainda não informou qual será o novo quantitativo. Outra possibilidade é que seja mantida a oferta inicial para esse concurso e uma nova seleção seja anunciada posteriormente.

 Como fazer concurso público? 7 passos para iniciar a sua preparação

 Como o celular ajuda nos estudos para concursos públicos

Sefaz-DF
Sefaz-DF acumula 575 cargos vagos (Foto: Divulgação)

Concurso é destinado a graduados em qualquer área

Poderão se candidatar ao concurso do Sefaz-DF graduados em qualquer área. A remuneração inicial para a carreira é de R$14.970. O valor poderá chegar a R$22.196,62, somando as gratificações e adicionais previstos em lei.

A banca organizadora da seleção já foi definida, será o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe). O contrato entre o Sefaz e o Cebraspe já foi assinado.

O projeto básico do concurso apresenta alguns detalhes sobre as etapas de seleção, como a estrutura da prova objetiva. A avaliação contará com questões de Conhecimentos Gerais e Específicos, abrangendo as seguintes disciplinas:

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa, Matemática Financeira/Estatística/Raciocínio Lógico, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Empresarial/ Penal/ Civil, Tecnologia da Informação, Contabilidade Pública e Economia e Finanças Públicas;
  • Conhecimentos Específicos: Direito Tributário, Legislação Tributária, Auditoria Fiscal Contabilidade Geral e de Custos e Direito Financeiro. 

Inicie sua preparação para o concurso

Prepare-se para concursos

Também será realizada uma prova discursiva, composta por duas questões  relacionadas a disciplina de Conhecimentos Específicos. Além disso, será pedido a elaboração de uma dissertação.

Ainda de acordo com o projeto básico da seleção, a taxa de inscrição do concurso deverá ser de R$55. Outros detalhes em relação ao concurso, como cronograma de atividades, deverão ser anunciados pelo Sefaz-DF após a conclusão desse novo estudo.

Os 13 passos de um concurso público. Entenda! 



Comentários